Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Petróleo desce pela quarta semana seguida

O petróleo termina a semana a negociar em níveis próximos do mínimo de seis meses, com sinais de que o conflito da comunidade internacional com o Irão em torno do seu programa nuclear poderá estar próximo de uma resolução.

Paulo Moutinho 22 de Setembro de 2006 às 19:32
  • Partilhar artigo
  • ...

O petróleo termina a semana a negociar em níveis próximos do mínimo de seis meses, com sinais de que o conflito da comunidade internacional com o Irão em torno do seu programa nuclear poderá estar próximo de uma resolução.

O presidente do Irão, Mahmoud Ahmadinejad, demonstrou vontade em dar início a conversações com vista à suspensão do enriquecimento de urânio durante o discurso que efectuou perante o Conselho de Segurança das Nações Unidas.

A expectativa do fim do "conflito" entre os Estados Unidos da América e o quarto maior produtor de petróleo do mundo levou as cotações da matéria-prima a recuar nos mercados internacionais e aproximarem-se novamente dos 60 dólares por barril.

O barril de crude negociado no mercado nova-iorquino, recuava 1,62% para os 60,59 dólares, já em Londres o barril de "brent" cedia 1,48% e negociava nos 60,43 dólares, registando assim a quarta queda semanal consecutiva.

Esta semana a tendência de descida dos preços do petróleo deverá continuar.

Num painel de 43 analistas consultados pela agência Bloomberg, 24 prevê que os preços do petróleo continue a desvalorizar, enquanto que doze analistas consideram que as cotações do petróleo deverão corrigir das fortes quedas registadas recentemente. Do total dos analistas consultados, apenas sete afirma que o preço da matéria-prima irá permanecer estável durante esta semana.

Ver comentários
Outras Notícias