Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Petróleo fixa histórico nos 78,73 dólares em Nova Iorque

O preço do barril de petróleo, cotado no mercado nova-iorquino, atingiu o valor mais elevado de sempre nos 78,73 dólares, depois de ter sido revelado que as reservas de crude nos EUA caíram mais do que o esperado. O anterior recorde era de 78,40 dólares e

Paulo Moutinho 01 de Agosto de 2007 às 15:51
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O preço do barril de petróleo, cotado no mercado nova-iorquino, atingiu o valor mais elevado de sempre nos 78,73 dólares, depois de ter sido revelado que as reservas de crude nos EUA caíram mais do que o esperado. O anterior recorde era de 78,40 dólares e tinha sido fixado a 14 de Julho do ano passado.

O West Texas Intermediate (WTI) [cl1], transaccionado em Nova Iorque, segue em alta de 0,4%, a cotar nos 78,53dólares, isto depois de ter fixado um novo máximo histórico (desde que começou a ser negociado e registado  em 1983) ao tocar nos 78,73 dólares.

A anterior marca recorde tinha sido atingida a 14 de Julho do ano passado, nos 78,40 dólares. Na altura, a crise no Líbano entre Israel e as milícias islâmicas do Hezbollah fez disparar os preços do petróleo, com os investidores a recearem que os confrontos se estendessem a todo o Médio Oriente.

Para o novo recorde do crude (o "brent" [co1], em Londres, está a negociar 76,91 dólares) contribuem os receios de escassez na oferta da matéria-prima.

Esta tarde foram divulgados os níveis das reservas nos EUA. O Departamento de Energia revelou que os "stocks" de crude caíram em 6,49 milhões de barris, quando os analistas apontavam para uma redução de apenas um milhão.

Apesar da quebra nos inventários de petróleo, os "stocks" de gasolina e de produtos destilados aumentaram, em 586 mil barris e 2,8 milhões, respectivamente.

Outras Notícias