Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Petróleo negoceia em mínimo de uma semana

O preço do barril de petróleo seguia estável nos mercados internacionais, próximo do valor mínimo de uma semana, com sinais de abrandamento da economia norte-americana e depois de Israel ter anunciado um cessar-fogo temporário aos ataques aéreos no Líbano

Paulo Moutinho 31 de Julho de 2006 às 08:21
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O preço do barril de petróleo seguia estável nos mercados internacionais, próximo do valor mínimo de uma semana, com sinais de abrandamento da economia norte-americana e depois de Israel ter anunciado um cessar-fogo temporário aos ataques aéreos no Líbano.

O West Texas Intermediate (WTI) [cl1], transaccionado em Nova Iorque, seguia estável nos 73,24 dólares, tendo chegado a negociar na «casa» dos 72 dólares na sessão de hoje, já em Londres, o «brent» [co1] avançava 0,2% para os 73,54 dólares.

No final da semana passada foi divulgado nos EUA que o Produto Interno Bruto (PIB) do país cresceu a um ritmo anual de 2,5% de Abril até Junho, o que compara com o ritmo anual de 5,6% verificado nos primeiros três meses do ano.

Este abrandamento da economia dos EUA, já anteriormente sinalizado por Ben Bernanke perante o Senado e no «livro bege» da Fed, está a levar o mercado a acreditar que poderá haver uma redução na procura da matéria-prima.

Ontem, Israel anunciou um cessar-fogo temporário aos ataques aéreos contra as forças do Hezbollah no Líbano, de 48 horas, isto depois de um ataque à cidade libanesa Qana ter provocado a morte de 54 civis.

Este cessar-fogo, ainda que temporário, está a aliviar os receios do mercado de que possam vir a ser interrompidos os fornecimento de petróleo daquela região, que é responsável por um terço de todo o petróleo produzido no mundo.

Outras Notícias