Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Petróleo negoceia em torno dos 62 dólares

Os preços do petróleo seguiam pouco alterados mais ainda assim a negociar em torno dos 62 dólares por barril em Londres, numa altura em que a especulação em torno do aumento do consumo de gasolina o que está a aumentar os receios de que haja alguma carênc

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 08 de Março de 2007 às 07:56
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Os preços do petróleo seguiam pouco alterados mais ainda assim a negociar em torno dos 62 dólares por barril em Londres, numa altura em que a especulação em torno do aumento do consumo de gasolina o que está a aumentar os receios de que haja alguma carência deste combustível.

O West Texas Intermediate (WTI) [cl1], negociado em Nova Iorque avançava 0,13% para os 61,90 dólares e o "brent" [co1], transaccionado em Londres, crescia 0,06% para os 62,54 dólares por barril.

O receio de que não haja combustíveis suficientes para fazer face à procura aumentou ontem depois do Departamento de Energia dos EUA ter divulgado que as reservas de crude e de gasolina desceram mais do que o esperado, numa altura em que se aproxima a época de grande consumo de gasolina.

O Departamento de Energia norte-americano anunciou ontem que as reservas de crude caíram inesperadamente em quase 5 milhões de barris na semana passada, quando os analistas consultados pela Bloomberg estimavam um aumento de 1,8 milhões.

Os inventários de gasolina também desceram mais do que o esperado. Os analistas previam uma queda de 1,5 milhões de barris e na realidade verificou-se uma queda de 3,75 milhões.

A procura de gasolina atinge o pico no Verão devido às viagens que se realizam na época de férias, um factor que faz disparar o consumo deste combustível.

Outras Notícias