Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Petróleo recua mais de 3% com aumento dos «stocks» nos EUA

O preço do petróleo descia 3,5% em Londres, depois das reservas norte-americanas de combustíveis terem registado um crescimento acima do esperado na semana passada, sugerindo que a oferta deverá continuar a suplantar a procura.

João Mata 09 de Janeiro de 2002 às 17:17
O preço do petróleo descia 3,5% em Londres, depois das reservas norte-americanas de combustíveis terem registado um crescimento acima do esperado na semana passada, sugerindo que a oferta deverá continuar a suplantar a procura.

O barril de «brent», ou petróleo do Mar do Norte, para entrega em Fevereiro [CO1] negociava nos 21,25 dólares (23,80 euros) na praça londrina, enquanto no «spot» o preço do petróleo derrapava 4,38% para os 20,09 dólares (22,50 euros).

Em Nova Iorque, os futuros do barril de crude [CL1] registavam uma desvalorização de 1,93% para transaccionarem nos 20,84 dólares (23,34 euros).

As reservas de combustíveis para aquecimento nos Estados Unidos (EUA) aumentaram 1,5% na semana passada, para os 62 milhões de barris, um nível cerca de 30% acima do verificado na mesma altura do ano passado.

As previsões meteorológicas apontam para a continuação de temperaturas acima do normal para a época em algumas regiões dos EUA, ao longo das próximas semanas, o que poderá levar à manutenção da tendência de quebra na procura.

Outras Notícias
Publicidade
C•Studio