Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Petróleo sobe para 40 dólares em Londres

O petróleo tocou nos 40 dólares por barril, em Londres, pela primeira vez este ano. A redução da produção e dos poços activos nos EUA está a impulsionar a negociação.

petróleo crude
Bloomberg
Vera Ramalhete veraramalhete@negocios.pt 07 de Março de 2016 às 15:57
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O petróleo está a subir 3% nos mercados internacionais, tocando nos 40 dólares em Londres, devido à redução da oferta nos EUA. O Brent, negociado em Londres, que serve de referência para a Europa, tocou nos 40 dólares, pela primeira vez desde Dezembro do ano passado, ao subir 3,31%. 

O West Texas Intermediate (WTI), negociado em Nova Iorque, também valoriza 2,81% para 36,93 dólares por barril, apagando assim as perdas do ano. O Brent já sobe 7,1% desde o início de 2016. Na semana passada, completou a terceira semana de ganhos consecutiva, a série mais longa desde Maio.

A impulsionar os preços está a divulgação dos dados da produção nos EUA, publicados na última sessão. A produção dos EUA recuou para o valor mais baixo desde 2014 e os poços activos caíram para um mínimo de Dezembro de 2009. Segundo os dados publicados pela Baker Hughes, passaram de 400 para 392 poços na última semana, recuando pela décima primeira semana.

Além disso, as conversações entre a Rússia e os membros da Organização dos Países Exportadores (OPEP) para congelar a oferta têm impulsionado os preços, ainda que a participação do Irão no acordo seja ainda considerada improvável.

Dados que levaram os investidores a recuar na aposta da queda da matéria-prima, impulsionando os preços. Na semana que terminou a 1 de Março, as posições curtas no West Texas Intermediate (WTI) caíram 15%, revela a Bloomberg.


 

Ver comentários
Saber mais Petróleo Brent WTI crude Arábia Saudita Rússia OPEP acordo produção
Mais lidas
Outras Notícias