Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Petróleo supera os 105 dólares com euro em máximos

O petróleo voltou hoje a registar um novo máximo histórico em Nova Iorque ao superar os 105 dólares por barril, impulsionado pelo novo mínimo do dólar face ao euro. Também o "brent" atingiu o valor mais elevado de sempre.

Lara Rosa lararosa@negocios.pt 06 de Março de 2008 às 11:26
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O petróleo voltou hoje a registar um novo máximo histórico em Nova Iorque ao superar os 105 dólares por barril, impulsionado pelo novo mínimo do dólar face ao euro. Também o "brent" atingiu o valor mais elevado de sempre.

O West Texas Intermediate (WTI) [co1] seguia valorizar 0,19% para os 101,83 dólares por barril depois de já ter registado um novo valor máximo ao negociar nos 105,10 dólares.

Em Londres o "brent" seguia a negociar nos 101,83 dólares por barril depois de voltar a atingir o valor mais elevado de sempre nos 102,65 dólares.

A impulsionar o preço do petróleo está o dólar que voltou a registar um valor mínimo face à moeda única da Zona Euro. Esta manhã o euro negociou nos 1,5347 dólares registando um novo máximo histórico.

Foi ainda hoje noticiada uma explosão preto de uma departamento das forças armadas em nova Iorque o que contribuiu para a subida dos preços do petróleo.

Ontem a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), que detém mais de 40% da produção petrolífera, anunciou que não vai alterar a sua produção e as reservas de petróleo americanas diminuíram quando os analistas esperavam que aumentassem.

Também a contribuir para a subida dos preços petrolíferos está o fecho das fronteiras Venezuela com a Colômbia. As autoridades venezuelanas decidiram fechar a fronteira com a Colômbia, anunciou o ministro venezuelano da Agricultura, Elias Jaua, esta semana na sequência da crise diplomática que opõe a Colômbia à Venezuela e ao Equador.

Ver comentários
Outras Notícias