Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Pharol recua para novo mínimo de Fevereiro

A Pharol está a negociar em mínimos de Fevereiro e já é a cotada com menor capitalização bolsista entre as 18 empresas do PSI-20.

Miguel Baltazar
Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 25 de Setembro de 2018 às 12:40
  • Assine já 1€/1 mês
  • 18
  • ...

As acções da Pharol estão a negociar nos 0,179 euros, o que corresponde a um novo mínimo de 6 de Fevereiro. As descidas recentes levam a que a empresa liderada por Palha da Silva acumule uma descida superior a 27% desde o início do ano.

 

Este desempenho está a provocar uma redução expressiva da capitalização bolsista. Desde o início do ano, a Pharol já "encolheu" mais de 63,6 milhões de euros, com a sua capitalização bolsista a rondar os 160 milhões de euros.

 

A empresa consegue assim o estatuto de cotada menos valiosa entre as 18 empresas que compõem o PSI-20.


As quedas recentes da Pharol têm estado relacionadas com o aumento de capital, que a empresa fez para conseguir participar no aumento de capital da brasileira Oi, bem como com os resultados do primeiro semestre, com a empresa a voltar a reportar prejuízos.


E isto num período de "guerra" com a Oi, que está em processo de recuperação judicial. A Pharol, que tinha 27% do capital da operadora de telecomunicações brasileira, tem agora 7,6%, após a empresa ter decidido não participar na recapitalização da operadora brasileira através de conversão de dívida, primeira etapa dos dois aumentos de capital previstos no âmbito do plano de recuperação da empresa de telecomunicações brasileira. 

Ver comentários
Saber mais Pharol Palha da Silva Oi telecomunicações
Outras Notícias