Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Platina cai para mínimo de seis meses com menor procura de automóveis

O preço da platina caiu para um mínimo de seis meses em Londres, penalizada pela especulação de que o abrandamento económico nos Estados Unidos e na Alemanha vão reduzir a procura de automóveis, o maior mercado deste metal precioso. O ouro, a prata e o paládio também seguiam a ceder terreno.

Carla Pedro cpedro@negocios.pt 04 de Agosto de 2008 às 13:29
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O preço da platina caiu para um mínimo de seis meses em Londres, penalizada pela especulação de que o abrandamento económico nos Estados Unidos e na Alemanha vão reduzir a procura de automóveis, o maior mercado deste metal precioso. O ouro, a prata e o paládio também seguiam a ceder terreno.

A platina para entrega imediata seguia a perder 2,1% no mercado londrino, para 1.622,5 dólares por onça, o nível mais baixo desde 25 de Janeiro. Na sexta-feira, caiu 5,9% (a maior descida desde 7 de Março), depois do anúncio de que as vendas de automóveis nos EUA diminuíram 12% em Julho. Em três semanas, as cotações da platina já perderam 19%.

“O mercado da platina poderá estar à espera que os dados sobre as encomendas às fábricas sejam piores do que o previsto anteriormente, atendendo aos maus números das vendas”, comentou à Bloomberg um analista de “commodities” do Standard Bank Group, Mangoba Madinane.

As empresas automóveis utilizam platina nos conversores catalíticos para reduzirem os gases nocivos nas emissões dos veículos. Estes aparelhos foram responsáveis por 79% da procura na Europa no ano passado e por 86% de utilização na América do Norte, segundo a fabricante de catalisadores Johnson Matthey.

Recorde-se que a platina atingiu um recorde de 2.301,5 dólares por onça em Março, devido aos cortes de electricidade que perturbaram a produção mineira na África do Sul.

"Os preços poderão retomar no final do ano porque não cremos que os problemas relacionados com a electricidade na África do Sul tenham ficado resolvidos", referiu o Natixis Commodity Markets, citado pela Bloomberg.

Ver comentários
Outras Notícias