Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portefólios de fundos arrancam a patinar

Ébola, dados económicos e instabilidade na Grécia geraram pânico nos mercados e levaram as carteiras a registarem perdas entre 2,3% e 5,9% no primeiro mês de gestão. Bancos dizem que ainda é cedo para alterações radicais e fazem apenas alguns ajustes. Carteira prudente do ActivoBank e agressiva do Banco Carregosa foram as mais resistentes.

Joaquim Madrinha 27 de Outubro de 2014 às 11:21
  • Partilhar artigo
  • ...

Como foram construídas as carteiras


AS CARTEIRAS PRUDENTES são geridas de acordo com um prazo de investimento de três anos e são destinadas a investidores avessos ao risco. A exposição ao mercado accionista não deverá exceder 40% da carteira e as perdas anuais não poderão ser superiores a 4%.

Ver comentários
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Outras Notícias