Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Porto SAD agrava prejuízos para 12,8 milhões de euros

A Futebol Clube do Porto – Futebol SAD registou um resultado líquido negativo 12,8 milhões de euros no primeiro semestre fiscal, entre Julho e Dezembro de 2004, um valor que representa um agravamento de 1,4% face ao período homólogo.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 31 de Março de 2005 às 18:32
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

No primeiro semestre fiscal os proveitos operacionais aumentaram 20% para 27,1 milhões de euros, com a empresa a citar o impacto positivo do novo estádio do Dragão. As receitas de bilheteira aumentaram para 7,5 milhões de euros e as provenientes de transmissões televisivas subiram para 3,4 milhões de euros.

No lado dos custos operacionais a empresa agravaram-se 15% para 38,6 milhões de euros.

«Os custos com o pessoal reflectem maioritariamente os salários dos atletas e o seu crescimento resulta essencialmente das rescisões de contratos de trabalho, bem como das condições contratuais estabelecidas com os novos jogadores», refere o comunicado.

O «cash flow» operacional melhorou, mais ainda continua negativo, em 3,4 milhões de euros, e o EBITDA passou de 2,3 para 2,1 milhões de euros negativos.

A Porto SAD revela ainda que conseguiu reduzir o seu passivo em 11,1 milhões de euros, situando-se agora nos 101,9 milhões de euros.

As acções da Porto SAD fecharam hoje inalterada nos 2,53 euros. A partir de 4 de Abril as acções vão passar a pertencer ao mercado de cotações oficiais, pelo que a Porto SAD terá de passar a apresentar resultados trimestrais.

Mais lidas
Outras Notícias