Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Preço das casas tem maior crescimento trimestral desde 2009

Depois de três trimestres consecutivos de quedas, o índice de preços da habitação aumentou quase 4%, entre Abril e Junho deste ano, revelou o Instituto Nacional de Estatística. É o maior crescimento desde que há registo.

Bruno Simão
Raquel Godinho rgodinho@negocios.pt 25 de Setembro de 2015 às 12:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...

O índice de preços da habitação cresceu 2,9%, entre Abril e Junho, face ao mesmo período do ano passado, segundo o INE. Com esta evolução, o índice interrompeu "a tendência para a redução do ritmo de crescimento dos preços verificada desde o terceiro trimestre de 2014".


Já entre o primeiro e o segundo trimestre, este índice avançou 3,7%. "Este valor foi o mais elevado da série, interrompendo um período de três trimestres consecutivos com taxas de variações de sinal negativo ou nulo (-0,4%, -0,3% e 0,0%, para o terceiro e quarto trimestres de 2014 e primeiro trimestre de 2015, respectivamente)", sublinha o comunicado do INE. Ou seja, este avanço é o mais significativo desde que os dados começaram a ser recolhidos no primeiro trimestre de 2009.


Por tipo de imóveis, "o custo de aquisição de alojamentos existentes e de alojamentos novos aumentou em relação ao período homólogo, com o primeiro tipo de habitações a registar um crescimento de 3,4% e o segundo 2,5%", refere a mesma fonte. Já numa evolução em cadeia, os preços dos alojamentos existentes avançaram 1,3 pontos percentuais, enquanto os novos cresceram 3,6 pontos percentuais.


Quanto às vendas de alojamentos familiares, entre Abril e Junho, foram realizadas 24.512 transacções, das quais 19.576 foram alojamentos existentes. Deste modo, o peso das transacções de alojamentos existentes no total das vendas voltou a crescer para 79,9% face aos 78,4% do trimestre anterior.


As transacções realizadas representam um crescimento de 24,8% face ao mesmo período do ano anterior, a segunda taxa mais elevada desde o segundo trimestre de 2013, "momento a partir do qual se verificou um sucessivo aumento do número das vendas em relação a períodos homólogos".

Ver comentários
Saber mais casas imóveis habitação preços INE
Outras Notícias