Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Presidente da bolsa contra mais impostos

Miguel Athayde Marques, presidente da Euronext Lisbon, mostrou-se ontem contra a proposta de aumento da tributação das mais-valias nos mercados bolsistas, defendida por um grupo de peritos em assuntos fiscais, num estudo encomendado pelo Governo.

Paulo Moutinho 15 de Outubro de 2009 às 10:52


Miguel Athayde Marques, presidente da Euronext Lisbon, mostrou-se ontem contra a proposta de aumento da tributação das mais-valias nos mercados bolsistas, defendida por um grupo de peritos em assuntos fiscais, num estudo encomendado pelo Governo.
"Qualquer aumento de impostos é um desincentivo ao investimento no mercado de capitais", afirmou Athayde Marques, em "conference call" com jornalistas. Sublinhou a possibilidade do aumento do imposto sobre mais-valias de 10% para 20% poder vir a "provocar uma diminuição na liquidez".



"A liquidez é muito importante." A redução "pode levar ao afastamento dos investidores internacionais", alertou o presidente da gestora do mercado de capitais nacional, que se mostrou preocupado com o facto do aumento da tributação poder "levar a uma deslocalização da indústria financeira para outros mercados", com condições fiscais mais atractivas.



"Podemos estar a colocar-nos numa situação de desvantagem fiscal", sublinhou o responsável, aludindo ao facto de se a tributação das mais-valias aumentar para 20%, como proposto pelo grupo de peritos, superar a praticada noutros mercados, como em Espanha ou no Reino Unido.



Recorde-se que no programa eleitoral do Partido Socialista está expressa a intenção do novo Governo de "aproximar o regime de tributação das mais--valias mobiliárias ao praticado na generalidade dos países da OCDE". Nestes dois países, Espanha e Reino Unido, as mais--valias são tributadas a 18%.



"No mínimo, [a ser revista a tributação, Portugal deveria apresentar] uma taxa igual. E não pormo-nos numa situação de desvantagem", sublinhou Miguel Athayde Marques.


Ver comentários
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio