Bolsa Produtora do Angry Birds afunda mais de 40% em bolsa

Produtora do Angry Birds afunda mais de 40% em bolsa

Os investidores e analistas ficaram decepcionados com as novas metas de resultados da empresa, que já perdem mais de metade do valor desde o IPO.
Produtora do Angry Birds afunda mais de 40% em bolsa
Bloomberg
Negócios com Bloomberg 22 de fevereiro de 2018 às 11:04

A finlandesa Rovio Entertainment continua a desiludir o mercado e a dar perdas aos investidores que em Setembro do ano passado compraram acções da dona do popular jogo Angry Birds a 11,50 euros cada uma na oferta pública inicial.

 

Esta quinta-feira os títulos estão a afundar 43,6% para 5,612 euros depois da cotada ter avançado com projecções de resultados que os analistas classificam de decepcionantes.

Já assim tinha sido quando a Rovio apresentou os resultados do terceiro trimestre, que levaram as acções da cair mais de 20%.

 

Agora a cotada finlandesa anunciou que espera uma queda nas receitas em 2018 e uma margem de lucro entre 9% e 11%.

 

No quarto trimestre as receitas desceram para 73,9 milhões de euros, abaixo das estimativas mais baixas dos analistas. A empresa, segundo a Bloomberg, está cada vez mais dependente da sua unidade de produção de jogos online, área onde as receitas com as licenças estão a afundar.

 

Além disso, o custo para aquisição de novos utilizadores mais do que duplicou e já representa 24% das receitas. As receitas angariadas com a venda de produtos relacionados com o popular jogo Angry Birds (como bonecos) caíram mais de 50% e já só representam cerca de 10% das vendas.

 

Com a queda das acções esta quinta-feira, a perda acumulada desde o IPO em Setembro é já de 51,2%.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Johnny 22.02.2018

Comprar ações de uma empresa de bonecos...
ESTÁ TUDO LOUCO !

Saber mais e Alertas
pub