Bolsa Promoção ao PSI-20 dá subida de mais de 5% à F. Ramada

Promoção ao PSI-20 dá subida de mais de 5% à F. Ramada

As acções da Novabase reagem em queda superior a 1% à saída da carteira do PSI-20.

A F. Ramada está a reagir em forte alta na bolsa à decisão da Euronext em incluir as acções da empresa industrial na carteira do índice PSI-20 a partir de 19 e Março.

 

As acções da Ramada ganham 4,07% para 12,80 euros, tendo já registado uma valorização máxima de 5,69% para 13 euros, o que corresponde ao nível mais elevado desde meados de Fevereiro.

 

Em sentido inverso, a Novabase recua 1,38% para 2,86 euros. A tecnológica está de saída da composição do PSI-20 para dar lugar à Ramada, de acordo com a revisão anual da carteira do índice ontem anunciada pela Euronext.

 

Com o ganho de hoje, a F. Ramada apresenta uma capitalização bolsista de 333,3 milhões de euros, acumulando já um ganho de 23,46% desde o início do ano. A cotada liderada por João Borges de Oliveira tem 22,6% do seu capital disponível para negociação em bolsa.

 

Índice permanece com 18 cotadas

 

O principal índice da bolsa nacional vai continuar assim a ser composto por 18 títulos, em vez dos 20 como o nome indica, isto porque não há cotadas nacionais suficientes que preencham os requisitos impostos pela gestora da bolsa para integrarem o principal índice. Estes requisitos estão relacionados com a liquidez das cotadas, entre outras questões.

 

E as regras, no caso do PSI-20, obrigam a que o índice seja composto por um mínimo de 18 cotadas, pelo que, mesmo que não haja 18 cotadas a cumprir os critérios exigidos, este será o número de membros do principal índice nacional.

 

Em Março ocorre a revisão anual do índice, mas a Euronext faz revisões trimestrais que servem para, por exemplo, substituir cotadas que entretanto saíram de bolsa ou para incluir cotadas que se estrearam recentemente no mercado de capitais. A primeira revisão trimestral ocorre em Junho, seguindo-se Setembro e finalmente Dezembro.




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Anónimo 07.03.2018

Se a Nova Base tinha pouco volume, esta ainda tem menos.
Vamos de mal a pior.

alfa1963 07.03.2018

a FRamada vai dar muitas alegrias à malta
nota: não tenho acçoes desta cotada

pub