Bolsa PSI-20 acelera subida e lidera ganhos na Europa. BCP e CTT somam mais de 1%

PSI-20 acelera subida e lidera ganhos na Europa. BCP e CTT somam mais de 1%

Depois de três sessões consecutivas de perdas, a bolsa nacional está a liderar os ganhos na Europa, impulsionada pelas subidas do BCP, Galp Energia e CTT.
PSI-20 acelera subida e lidera ganhos na Europa. BCP e CTT somam mais de 1%
Bruno Simão/Negócios
Rita Faria 16 de janeiro de 2018 às 10:59

A bolsa nacional está a acentuar a tendência positiva do início da sessão, com o PSI-20 a valorizar 0,73% para 5.662,14 pontos, depois de ter atingido ontem o valor mais baixo desde o início do mês. Com 15 cotadas em alta, uma em queda e duas inalteradas, o principal índice português está mesmo a liderar os ganhos na Europa, impulsionado sobretudo por pesos pesados como o BCP e a Galp Energia.

Na Europa, os principais índices registam subidas inferiores a 0,5%, numa sessão em que amoeda única está a aliviar de máximos.

Esta terça-feira, os investidores estão a olhar para os resultados trimestrais das empresas, entre as quais a Hugo Boss, que escala mais de 3% a beneficiar do aumento das vendas comparáveis.

O índice de referência para a Europa, o Stoxx600, valoriza 0,36% para 399,28 pontos, animado sobretudo pelas cotadas do sector dos seguros e ‘utilities’.

Em Lisboa, após quatro sessões consecutivas de perdas, o BCP avança 1,20% para 29,45 cêntimos. O banco liderado por Nuno Amado recupera assim parte da descida de 1,66% registada ontem, motivada pela coima de 20 milhões de zlotys (perto de 4,8 milhões de euros) aplicada na Polónia ao Bank Millennium.

A animar o PSI-20 está também a Galp Energia, que sobe 0,8% para 16,335 euros, numa altura em que o petróleo está a perder terreno nos mercados internacionais. Ainda na energia, a EDP sobe 0,72% para 2,931 euros, a EDP Renováveis está inalterada em 7,08 euros e a REN avança 0,24% para 2,544 euros.

No retalho, a Jerónimo Martins soma 0,72% para 2,931 euros e a Sonae valoriza 1,08% para 1,214 euros.

A contribuir para a tendência positiva do PSI-20 estão também os CTT, que ganham 1,48% para 3,562 euros, no dia em que o BPI cortou o preço-alvo para a empresa de correios. Apesar da descida do target de 4,70 euros para 4,25 euros, a avaliação do BPI ainda confere aos títulos um potencial de subida de cerca de 19%. A recomendação manteve-se em "comprar".

A única cotada com sinal negativo é a Sonae Capital, que desvaloriza 0,21% para 95,7 cêntimos.