Bolsa PSI-20 de volta aos ganhos com EDP a dar energia

PSI-20 de volta aos ganhos com EDP a dar energia

A bolsa nacional negociou em terreno positivo numa sessão em que regressou aos ganhos sobretudo impulsionada pela EDP, num dia em que a elétrica somou acima de 1,5%.
PSI-20 de volta aos ganhos com EDP a dar energia
Tiago Sousa Dias
David Santiago 29 de janeiro de 2019 às 16:40
O PSI-20 encerrou a sessão desta terça-feira, 29 de Janeiro, a somar 0,40% para 5.110,44 pontos, com 10 cotadas em alta, seis em queda e duas inalteradas, num dia que marca o regresso aos ganhos do principal índice nacional. 

A praça lisboeta seguiu a tendência de ganhos que predominou nas principais bolsas europeias. O índice de referência europeu Stoxx 600 também voltou ao verde numa sessão em que beneficiou dos fortes ganhos registados nos setores das matérias-primas, em especial do ramo petrolífero europeu. 

Estas subidas acontecem já depois de o vice-primeiro-ministro chinês, Liu He, ter chegado a Washington para retomar ao mais alto nível as negociações com os Estados Unidos com vista a um acordo que permita superar a atual disputa comercial em curso com a China. 

Em Lisboa foi a EDP que mais apoiou a bolsa lisboeta. A cotada liderada por António Mexia valorizou 1,55% para 3,136 euros, isto depois de hoje ter sido revelado que em dezembro de 2018 a EDP Comercial manteve a liderança no mercado livre de eletricidade e gás em termos de clientes, pese embora desde janeiro do ano passado a empresa tenha vindo a perder quota todos os meses em ambos os segmentos. No mesmo grupo, a EDP Renováveis fechou inalterada no valor de fecho de segunda-feira (7,85 euros).

Continuando no setor energético, a Galp Energia avançou 0,52% para 13,61 euros, acompanhando a valorização do petróleo nos mercados internacionais, enquanto a REN subiu 1,71% para 2,62 euros. 

Também a contribuir para a prestação positiva da bolsa nacional esteve o BCP (+0,33% para 0,244 euros), a Corticeira Amorim (+1,46% para 9,73 euros), os CTT (+0,71% para 3,13 euros), a Navigator (+1,30% para 4,198 euros) e a Altri (+1% para 7,07 euros). Nem todo o setor do papel transacionou em alta, já que a Semapa recuou 0,27% para 14,86 euros.

A travar uma maior valorização do PSI-20 esteve sobretudo o setor do retalho, com a Jerónimo Martins a resvalar 0,36% para 12,50 euros e a Sonae a deslizar 1,83% para 0,9125 euros.

(Notícia atualizada às 16:50)



pub

Marketing Automation certified by E-GOI