Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 em alta com BCP a subir mais de 2%

O banco BCP destaca-se entre as cotadas nacionais ao avançar mais de 2%, num movimento de recuperação que, ainda assim, não é suficiente para um registo positivo no conjunto da semana.

A carregar o vídeo ...
Ana Batalha Oliveira anabatalha@negocios.pt 27 de Setembro de 2019 às 16:48
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...
A bolsa nacional fechou em alta, com o principal índice, o PSI-20, a somar 0,57% para os 4.934,28 pontos. A contribuir para o desempenho estiveram nove cotadas que subiram, enquanto oito desceram e uma ficou inalterada. Esta é a segunda sessão consecutiva na qual o índice nacional fechou em terreno positivo, mas o acumular dos ganhos e perdas desde segunda-feira resulta na segunda quebra semanal sucessiva para o PSI-20.

O sentimento em Lisboa acompanha o da Europa. No Velho Continente, as principais praças bolsistas afirmam-se no verde com as cotadas do setor das matérias-primas a destacarem-se, apresentando uma subida de quase 1,5%.

Por cá, o peso pesado BCP puxou pelo índice nacional com uma subida de 2,22% para os 18,84 cêntimos. O banco liderado por Miguel Maya registou a segunda sessão consecutiva no verde depois de um ciclo de pesadas quebras que ditou a descida a mínimos de 2015.

A instituição volta a beneficiar depois de o Banco Central da Polónia, onde o BCP detém o Millenium Bank, ter declarado que o setor bancário do país está "totalmente preparado" para a decisão do Tribunal de Justiça da União Europeia relativamente à conversão em zlotis dos empréstimos contraídos em francos suíços. Ainda assim, no conjunto da semana, o BCP regista uma quebra de 4,85%.  

A Galp é outro dos pesos pesados da bolsa portuguesa a registar ganhos e a impulsionar o índice. A petrolífera avançou 0,96% para os 13,67 euros, seguindo em contramão com o preço do barril de petróleo em Londres. O Brent desce 0,83% para os 62,22 dólares depois de a Arábia Saudita ter anunciado um cessar-fogo parcial no território do Iémen, indiciando um alívio das tensões no Médio Oriente e, desta forma, de possíveis impactos dos conflitos na oferta.

A liderar os ganhos estiveram os CTT, que avançam 5,54% para os 2,06 euros. Ainda a apoiar o PSI-20, as papeleiras Navigator e Altri, que somaram 1,97% para os 3,22 euros e 1,34% para os 6,05 euros.
Ver comentários
Saber mais PSI-20 mercados bolsa nacional investidores Euronext Lisboa Europa
Mais lidas
Outras Notícias