Bolsa PSI-20 recua pela quinta sessão com EDP e Jerónimo Martins a pressionar

PSI-20 recua pela quinta sessão com EDP e Jerónimo Martins a pressionar

Apesar de ter renovado máximos de novembro do ano passado, a bolsa lisboeta acumulou a quinta sessão consecutiva no vermelho. Perdas do grupo EDP e da Jerónimo Martins contribuíram decisivamente para a prestação negativa do PSI-20.
A carregar o vídeo ...
David Santiago 19 de novembro de 2019 às 16:40

O índice PSI-20 encerrou a sessão bolsista desta terça-feira, 19 de novembro, a ceder 0,07% para 5.260,09 pontos, com 10 cotadas em alta, sete em queda e uma inalterada. A praça lisboeta até chegou a transacionar em alta e a renovar máximos de novembro do ano passado, contudo acabou por fechar no vermelho pelo quinto dia consecutivo.

O principal índice nacional seguiu a tendência de queda que também foi registada na maior parte das bolsas europeias, isto numa sessão em que também o índice de referência do velho continente, Stoxx600, encerrou no vermelho apesar de ter tocado em máximos de maio de 2015.

O grupo EDP destacou-se pela negativa e condicionou a prestação da praça lisboeta. A EDP perdeu 1,06% para 3,727 euros, sendo que a elétrica liderada por António Mexia chegou voltou negociar em máximos de junho de 2008 ao tocar nos 15,305 euros por ação. A EDP Renováveis caiu 0,39% para 10,16 euros. 


As restantes empresas do setor energético cotadas no índice lisboeta fecharam em alta: a Galp Energia ganhou 0,26% para 15,25 euros e a REN somou 0,18% para 2,74 euros. 

Também a contribuir decisivamente para determinar o rumo do PSI-20 esteve a Jerónimo Martins, que desvalorizou 1,16% para 14,875 euros. Ainda no retalho, a Sonae avançou 0,38% para 0,931 euros. Nota negativa ainda para a Nos (-0,49% para 5,10 euros) e para a Altri (-0,42% para 5,885 euros).

A travar uma descida mais acentuada da bolsa nacional esteve sobretudo o BCP, com o banco a apreciar 0,97% para 0,2072 euros. Já a maior valorização do dia foi conseguida pela Corticeira Amorim, que terminou o dia a avançar 3,17% para 10,42 euros.


(Notícia atualizada às 16:49)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI