Bolsa PSI-20 recupera de mínimos de ano e meio com BCP a subir mais de 1%

PSI-20 recupera de mínimos de ano e meio com BCP a subir mais de 1%

A bolsa nacional acompanha a recuperação na Europa, com a maioria das cotadas a negociar com sinal verde.
A carregar o vídeo ...
Negócios 12 de outubro de 2018 às 08:22

A bolsa nacional está a negociar em alta esta sexta-feira, 12 de Outubro, depois de duas sessões consecutivas de fortes descidas que levaram o principal índice nacional para o valor mais baixo desde Abril de 2017. Nesta altura, o PSI-20 valoriza 0,68% para 5.028,38 pontos, com 14 cotadas em alta, uma em queda e três inalteradas.

A praça lisboeta acompanha assim a recuperação das bolsas europeias que ontem atingiram mínimos de Dezembro de 2016. O Stoxx 600, o índice que agrega as 600 principais cotadas europeias, valoriza 0,68% para os 362,11 pontos. A mesma tendência é registada pelas restantes praças europeias, depois dos índices asiáticos terem fechado em alta. A nível internacional, o ciclo de queda dos últimos dias tem sido interpretado como uma correcção saudável.

Em Lisboa, o BCP está no pelotão da frente ao valorizar 1,32% para os 22,97 cêntimos. Nos últimos dias o sector europeu da banca tinha sido dos mais penalizados. 

Com a mesma tendência esteve o sector da energia, principalmente devido às estimativas de queda da procura por barris no mercado, o que levou o petróleo a cair nos mercados internacionais. Depois de afundar 4%, a Galp Energia está a recuperar nesta sessão: sobe 0,16% para os 15,875 euros. Já a EDP valoriza 0,81% para os 3,105 euros. 

No retalho, o destaque vai para a Sonae. As acções estão a subir 0,74% para os 83,5 cêntimos um dia depois de ter cancelado a dispersão em bolsa da sua unidade de retalho, onde se inclui a cadeia de supermercados Continente, uma decisão justificada pela recente maré negra nos mercados. Já a Jerónimo Martins avança 0,97% para os 11,395 euros. 

No sector do papel, a Altri - que tinha registado fortes quedas nas últimas duas sessões - está a valorizar 1,47% para os 7,57 euros. Por outro lado, a Navigator - que ontem registou a maior subida desde 2015 - está a desvalorizar 0,72% para os 4,13 euros. 

(Notícia actualizada pela última vez às 08h34)




Saber mais e Alertas
pub