Bolsa PSI-20 sobe pelo segundo dia com Galp e Altri a impulsionar

PSI-20 sobe pelo segundo dia com Galp e Altri a impulsionar

A bolsa nacional valorizou pela segunda sessão consecutiva, com o impulso do BCP, da Galp e das cotadas do sector da pasta e do papel. Aqui, destaque para a Altri, com uma subida de quase 3%.
PSI-20 sobe pelo segundo dia com Galp e Altri a impulsionar
Bruno Simão/Negócios
Rita Faria 21 de fevereiro de 2018 às 16:45

A bolsa nacional encerrou em alta esta quarta-feira, 21 de Fevereiro, pela segunda sessão consecutiva, com o PSI-20 a valorizar 0,36% para 5.468,18 pontos. Com 12 cotadas em alta e seis em queda, o principal índice português destacou-se entre os congéneres europeus, que seguem sem uma tendência definida.

O índice de referência para a Europa, o Stoxx600, ganha ligeiros 0,03% para 380,64 pontos, depois dos dados decepcionantes do PMI da Zona Euro, em Fevereiro. A primeira estimativa, divulgada esta quarta-feira, aponta para os 57,5 pontos, abaixo dos 58,4 pontos esperados e dos 58,8 pontos registados em Janeiro.

Segundo o estratega do JPMorgan, Mike Bell, a queda indica que a aceleração do ritmo de crescimento da Zona Euro pode ter chegado ao fim, com a economia a voltar a um ritmo de recuperação mais lento este ano.

Em Lisboa, os ganhos foram impulsionados sobretudo pela Galp, BCP e pelas cotadas do sector da pasta e do papel.  

O banco liderado por Nuno Amado ganhou 0,65% para 29,55 cêntimos, enquanto a Galp Energia valorizou 1,12% para 14,84 euros. Isto no dia em que o BPI reviu em baixa a avaliação das acções da empresa, de 15,80 euros para 15,60 euros, reagindo à revisão em baixa das metas para o investimento operacional ("capex").

O novo plano estratégico da empresa foi conhecido no mesmo dia em que a Galp revelou que os seus lucros subiram 25% no ano passado para 602 milhões de euros, e que o dividendo relativo ao exercício de 2017 foi aumentado para 55 cêntimos.

Ainda na energia, a EDP desceu 0,85% para 2,681 euros, a EDP Renováveis caiu 0,14% para 7,08 euros e a REN desvalorizou 0,57% para 2,45 euros.

No sector da pasta e do papel, destacou-se a Altri, com uma valorização de 2,81% para 4,75 euros. A Navigator ganhou 2,17% para 4,512 euros e a Semapa somou 0,86% para 18,78 euros.  

Do lado das descidas ficaram ainda a Jerónimo Martins e a Nos. A retalhista liderada por Pedro Soares dos Santos deslizou 0,26% para 17,575 euros, no dia em que a sua congéneres, a Sonae, subiu 0,82% para 1,229 euros. Já a Nos desceu 0,40% para 5,00 euros. 




A sua opinião10
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
RPG 21.02.2018

Dow bem negativo. Amanhã voltamos ao mesmo. Dorme bem , se conseguires. Tinha uma informação para ti mas não te conto ...

NOVABASE 21.02.2018

Amanha resultados
espero por novidades boas
aumento do dividendo
tem sido uma máquina de distribuir dividendos

EDP apostar forte 21.02.2018

Mais um reforço na EDP 6.300 ações, só quero os dividendos. 6% ao ano . nem que a ação vá para 2.00 euros o que conta é 19 cêntimos por ação 18.000 ações x 19 cêntimos , façam as contas,

Anónimo 21.02.2018

Mau demais o que aqui se passa, nem graça têm, mas enfim... não é menos verdade que dia após dia quem tem um pingo de cultura cada vez comenta menos, elucidativo!

ver mais comentários
Saber mais e Alertas
pub