Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 termina semana pressionado por queda de 4% da Navigator

A bolsa nacional findou a última sessão desta semana a desvalorizar, com a Navigator a liderar as maiores quedas. Na semana como um todo o cenário é semelhante, com Mota-Engil e CTT a acumularem uma perda superior a 10%.

Sérgio Lemos
Gonçalo Almeida goncaloalmeida@negocios.pt 24 de Abril de 2020 às 16:43
  • Assine já 1€/1 mês
  • 36
  • ...
O índice PSI-20 terminou a sessão desta sexta-feira, dia 24 de abril, a desvalorizar 0,88% para os 4.112,48 pontos, acompanhando o cenário registado no resto da Europa.

Lá fora, o sentimento foi mesmo tomado de ponta pela reunião de ontem dos líderes europeus, que aprovaram o pacote de 540 mil milhões de euros para apoiar a região a combater os efeitos da atual pandemia, mas não conseguiram avançar com um projeto a longo-prazo. O plano contempla as redes de proteção ao emprego (SURE), empresas, sobretudo PME (através do BEI), e Estados (com recurso à linha de crédito cautelar do MEE).

A manchar a prestação de hoje esteve também a queda da confiança dos empresários na Alemanha para um mínimo recorde, ao mesmo tempo que o número de casos neste país deu o maior salto em quase uma semana. Na Europa, como um todo, os dados sobre a atividade económica em março caíram também para mínimos recorde. 

Os investidores estiveram de olho nos dados sobre o desemprego nos Estados Unidos, que afeta 26 milhões de indivíduos desde que a pandemia se fez sentir. 

Por cá, a bolsa nacional terminou o dia com três cotadas a negociar em alta e as restantes 15 a cair.

O destaque do dia vai para o setor da pasta e do papel, com a Navigator a perder 4,18% para os 2,248 euros por ação e a Altri a desvalorizar 2,42% para os 4,606 euros por ação.

A cair estiveram também o BCP (-1,97%) e os CTT (-1,85%), num dia em que foi conhecido que o operador postal está a ponderar recorrer ao regime de "lay-off" simplificado.

Hoje, a Bloomberg Intelligence elegeu a Nos como uma das empresas do setor na Europa menos resistentes ao impacto do coronavírus, devido à sua grande exposição ao "roaming", bem como ao encerramento do segmento de cinemas. A Nos desvalorizou 0,70% para os 3,396 euros por ação. 

Em contraciclo negociaram a Sonae Capital (+0,42%), a REN (+0,41%) e a EDP Renováveis (+0,19%).


PSI-20 perde mais de 1,4% na semana
Para além da descida na sessão de hoje, a praça portuguesa conheceu ainda uma desvalorização de 1,43% no acumular da semana, depois de já ter registado uma perda na semana anterior.

Entre os piores desempenhos estiveram a Mota-Engil e os CTT, ambos com perdas acumuladas de cerca de 10%.

A construtora portuguesa fechou um contrato no México esta semana no valor de 636 milhões de euros e também nesta semana o conselho de administração da Mota-Engil decidiu não propor à assembleia geral a distribuição de dividendos relativos aos resultados de 2019, mas admitiu rever a posição se, ao longo de 2020, as condições económicas e financeiras melhorarem.

Do lado dos ganhos, a Sonae (+1,79%), a Altri (+1,19%) e a Nos (+1,01%) foram as que lideraram. 

Ver comentários
Saber mais Navigator Europa economia negócios e finanças macroeconomia
Mais lidas
Outras Notícias