Bolsa PSI-20 valoriza pela quinta sessão com a Galp a somar mais de 3%

PSI-20 valoriza pela quinta sessão com a Galp a somar mais de 3%

A bolsa nacional negociou em terreno positivo pelo quarto dia seguido, contrariando assim a tendência de quedas verificadas nas principais praças europeias. Subida superior a 3% da Galp impulsionou a bolsa lisboeta.
PSI-20 valoriza pela quinta sessão com a Galp a somar mais de 3%
Miguel Baltazar/Negócios
David Santiago 16 de setembro de 2019 às 16:47
O índice PSI-20 encerrou a sessão desta segunda-feira, 16 de setembro, a somar 0,45% para 5.071,60 pontos, com nove cotadas em alta, sete em queda e duas inalteradas no valor de fecho de sexta-feira. A bolsa nacional acumulou a quinta sessão seguida de ganhos para renovar máximos de 30 de julho, o que significa que transacionou em contraciclo face à tendência de perdas registada pelas principais praças do velho continente. 

Já as principais bolsas europeias negociaram no vermelho com a generalidade dos setores a penalizar, pese embora tenha sido a banca a destacar-se pela negaitva. Por sua vez, o setor petrolífero europeu valorizou mais de 35 para máximos de 31 de julho, isto num dia em que o preço do crude chegou a valorizar acima de 20% na sequência do ataque terrorista às instalações da Saudi Aramco.

Em sintonia com as petrolíferas europeias, a Galp Energia subiu 3,27% para 13,595 euros, tendo assim tocado na cotação mais elevada desde 2 de agosto. Esta foi a maior subida diária da cotada desde que em março último apreciou 3,30%.

Ainda a alimentar a prestação positiva do principal índice nacional estiveram os CTT (+2,19% para 2,24 euros) e a Semapa (+1,92% para 12,72 euros).

Por outro lado e a travar uma maior subida do PSI-20 esteve a Sonae Capital, que recuou 2% para 0,64 euros, e a Corticeira Amorim, que perdeu 0,99% para 10,02 euros. 

Nota também para o BCP que fechou com um ganho de 0,28% para 0,2140 euros. 

(Notícia atualizada às 17:00)



Marketing Automation certified by E-GOI