Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 abre a subir 0,07% com BCP e Jerónimo Martins

O índice PSI-20 iniciou a sessão de hoje com uma valorização de 0,07%, liderado pelos títulos do Banco Comercial Português (BCP) e da Jerónimo Martins. A sessão começou com fraca liquidez depois de, ontem, vários títulos terem atingido novos máximos.

Bárbara Leite 18 de Fevereiro de 2004 às 08:22
  • Partilhar artigo
  • ...

O índice PSI-20 iniciou a sessão de hoje com uma valorização de 0,07%, liderado pelos títulos do Banco Comercial Português (BCP) e da Jerónimo Martins. A sessão começou com fraca liquidez depois de, ontem, vários títulos terem atingido novos máximos.

O índice PSI-20 seguia nos 7.456,75 pontos com uma subida de 0,07%, em sintonia com as valorizações das principais praças europeias.

A ParaRede repetia o primeiro lugar em liquidez na Euronext Lisbon com cerca de 1,7 milhões de acções negociadas após a abertura. Os títulos da tecnológica subiam 3,59% para os 0,37 euros, com os investidores a terem boas perspectivas de resultados de 2003 e anteciparem reestruturação da dívida.

A par da ParaRede, o índice valorizava com o BCP que seguia nos 1,96 euros, com um acréscimo de valor de 0,51%, depois do Santander ter revisto em alto o preço alvo para o maior banco privado nacional.

A Jerónimo Martins, embora com reduzida liquidez- 3.409 títulos transaccionados- ganhava 0,75% para os 9,46 euros e ajudava o índice a somar valor.

A Electricidade de Portugal e a Portugal Telecom seguiam sem alterações na cotação face ao fecho de ontem. A eléctrica nacional cotava nos 2,24 euros, igualando o preço da primeira fase de privatização. A PT seguia acima da barreira psicológica dos 9 euros, depois da sua participada no Brasil, a Telesp Celular Participações ter anunciado uma melhoria nos prejuízos em 2003 e que acredita na recuperação nas margens de rentabilidade para este ano.

A Portucel, que está em processo de privatização, seguia, mais uma sessão nos 1,48 euros, acima do preço mínimo previsto por acção no concurso.

Ver comentários
Outras Notícias