Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 não fechava nove sessões seguidas no verde desde Janeiro de 2007

O índice de referência nacional negociou hoje acima dos 6.400 pontos. É um máximo de 2011. Foi o nono ganho seguido do PSI-20. Um recorde de 2007. Várias empresas também fecharam em valores inéditos nos últimos anos. Sonae, Altri, Zon Optimus e Mota-Engil são exemplos. A excepção foi o Banif, que negociou num novo mínimo histórico.

A carregar o vídeo ...
Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 21 de Outubro de 2013 às 16:44
  • Assine já 1€/1 mês
  • 79
  • ...

“Bolsa nacional encerra a subir pela nona sessão consecutiva”. “Dia marcado por novos máximos”. Estes eram o título e antetítulo de uma notícia escrita pelo Negócios a 18 de Janeiro de 2007. Poderiam ser o título e antetítulo de uma notícia escrita pelo Negócios a 21 de Outubro de 2013.

 

O índice de referência nacional fechou a sessão desta segunda-feira em terreno positivo, mantendo a tendência das últimas nove sessões. Não havia um ciclo de tantos dias seguidos de valorizações desde o período entre 8 e 18 de Janeiro de 2007, em que o PSI-20 estava a ser animado pelas ofertas públicas de aquisição sobre a Portugal Telecom, pela Sonaecom, e sobre o BPI, pelo BCP (ambas falhadas, na altura).

 

Há uma diferença entre os dois ciclos. Em 2007, o índice estava acima dos 11.000 pontos. Nesta sessão de 2013, o PSI-20 fechou nos 6.401,31 pontos, graças ao ganho de 0,87%. Apesar da pontuação ser mais baixa, esta foi a primeira vez que o PSI-20 tocou acima dos 6.400 pontos desde Agosto de 2011, pouco depois do pedido de resgate financeiro a Portugal. Neste ciclo de nove sessões, o PSI-20 acumulou um ganho superior a 7%.

 

Brasil anima Galp

 

Especificamente em relação à sessão de hoje, a Galp animou Lisboa, com um avanço de 1,22% para fechar nos 12,825 euros. A petrolífera nacional descobriu uma “grande jazida” de petróleo e gás natural na Bacia de Santos, no Brasil. Para o Espírito Santo Investment Bank, esta notícia reduz o risco associado a esta área de exploração, pelo que a avaliação feita à Galp poderá ser melhorada.

 

Na energia, o sentimento foi misto. A EDP Renováveis disparou 3,78% para negociar nos 4,12 euros, tocando num valor que não registava desde 31 de Maio de 2013. A casa-mãe EDP deslizou uns ligeiros 0,07% para os 2,675 euros. A REN ficou-se por um ganho de 0,14% para os 2,186 euros.

 

Zon Optimus em máximos de 2008

 

Nas telecomunicações, a Portugal Telecom avançou 0,93% para 3,70 euros. A Zon Optimus somou 0,69% para os 5,276 euros, embora tenha, durante a sessão, registado uma subida de maior dimensão, atingindo o valor mais alto desde Setembro de 2008. A Sonaecom, que tocou nas cotações de Abril de 2008, acabou por descer 0,42% para os 2,364 euros.

 

Na banca, as variações foram inversas. Por um lado, o BCP ganhou 0,93% para os 10,9 cêntimos e o BPI encerrou nos 1,10 euros ao somar 1,38%. Por outro lado, o BES perdeu 0,30% para os 0,989 euros (é o terceiro dia de quedas), enquanto o ESFG encerrou inalterado nos 5,22 euros.

 

O Banif fechou nos 0,9 cêntimos, o que representa uma descida de 10% face a 1 cêntimo. Durante a sessão, o banco liderado por Jorge Tomé chegou a descer aos 0,8 cêntimos, um valor mínimo desde que está cotado em bolsa.

 

Sonae em alta

 

A Sonae SGPS continua a sua trajectória ascendente, tendo encerrado com um ganho de 2,15% para fechar nos 1,045 euros, estando também num valor que não era alcançado desde 2008. A Jerónimo Martins encerrou nos 14,825 euros com um ganho de 1,54%.

 

Noutros sectores, a Mota-Engil, que chegou a somar mais de 4%, terminou com uma valorização de 2,25% para os 3,63 euros, num dia em que atingiu um máximo de Janeiro de 2010.

 

A Altri avançou 1,65% para os 2,338 euros, experimentando uma cotação de Abril de 2010. A Semapa, que perdeu 0,11% para os 7,306 euros, tocou, durante a sessão, num máximo de Julho de 2011.

 

(Notícia actualizada com mais informação pelas 16h51)

Ver comentários
Saber mais NYSE Euronext PSI-20 Zon Optimus Mota-Engil
Outras Notícias