Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 resvala para terreno negativo com queda superior a 1% da PT

A bolsa nacional deixou o terreno positivo e segue agora a recuar. PT e BES são as empresas que mais deslizam, contrariando a subida da EDP Renováveis.

Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 27 de Janeiro de 2012 às 12:19
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
A bolsa voltou a negociar em terreno negativo, depois de oscilar entre ganhos e perdas nas primeiras horas de negociação. A queda de mais de 1% da Portugal Telecom é a que mais peso tem no desempenho negativo do PSI-20.

O índice de referência de Lisboa cede 0,21% e está nos 5.469,96 pontos, penalizada pela desvalorização de 12 empresas. Na Europa, as quedas são agora menos acentuadas do que no início da sessão, embora continue o impasse nas negociações para decidir as condições do perdão da dívida grega.

Lisboa não escapa ao vermelho, sobretudo pelo facto de a Portugal Telecom estar a cair 1,24%. A operadora está a transaccionar nos 3,98 euros, tendo já caído para 3,972 euros, o mínimo desde Outubro de 2002, excluindo o efeito dos dividendos. Hoje, o Bernstein lançou uma nota de “research” em que teme uma redução de dividendos na empresa presidida por Zeinal Bava, cortando, por isso, a recomendação para as suas acções para “market perform”.

Ainda no sector das telecomunicações, a Zon Multimédia recua 0,75% para 2,511 euros, ao passo que a Sonaecom cai 0,48% para negociar nos 1,245 euros.

A contribuir para a queda do índice português está também o BES. O banco cai 1,35% para 1,317 euros, depois de Ricardo Salgado ter afirmado que “os mercados já aprenderam bem as dificuldades que os bancos portugueses tiveram que passar e, por isso, já não estão à espera de resultados positivos”.

O BCP segue inalterado nos 0,14 euros. Carlos Santos Ferreira indicou aos accionistas, através de um comunicado à CMVM, que uma eventual saída será sempre feita de modo tranquilo. Por sua vez, o BPI ganha 058% para 0,52 euros.

Galp a deslizar, JM a abrandar ganhos

A Galp está também em queda, perdendo 0,34% para 13,055 euros, contrariando novamente a subida dos preços do petróleo nos mercados internacionais. A petrolífera divulgou hoje os resultados previsionais, apresentando um aumento da produção petrolífera e das vendas de gás natural e electricidade no quatro trimestre de 2011, contrariando a queda na distribuição.

A EDP cai 0,13% para 2,238 euros, mas a sua subsidiária para as energias verdes continua em forte alta. A EDP Renováveis soma 1,39% e está nos 4,38 euros.

Nota ainda para a Jerónimo Martins, empresa que também impede um maior deslize do PSI-20. A retalhista foi a grande vencedora dos NYSE Euronext Lisbon Awards, uma iniciativa organizada pela bolsa de Lisboa, pelo desempenho das suas acções durante o ano passado. Segue a avançar 0,12% para 12,84 euros, depois de ter estado, contudo, a ganhar mais de 1%.

Ver comentários
Saber mais Psi-20 Galp Energia bolsa nacional Euronext NYSE Lisbon Jerónimo Martins EDP Renováveis Portugal Telecom PT
Outras Notícias