Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PT estende compra de acções próprias até Maio

O programa de recompra de acções, de 2,1 mil milhões de euros, anunciado no âmbito do plano de defesa à OPA da Sonaecom, não vai estar concluído antes da assembleia geral (AG) anual da Portugal Telecom (PT), marcada para o final de Março, podendo estender

Paulo Moutinho 26 de Fevereiro de 2008 às 00:20
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O programa de recompra de acções, de 2,1 mil milhões de euros, anunciado no âmbito do plano de defesa à OPA da Sonaecom, não vai estar concluído antes da assembleia geral (AG) anual da Portugal Telecom (PT), marcada para o final de Março, podendo estender-se até Maio.

O "timing" estimado por Henrique Granadeiro peca por defeito mas, dado o contexto actual dos mercados, pode até ser um aspecto positivo para os milhares de accionistas da operadora, que vêem prolongado o suporte ao valor dos títulos.

"Se os limites [ao nível da recompra de acções] impostos pela CMVM deixarem, contamos concluir o compromisso do programa de "share buyback" antes da próxima assembleia geral da PT", afirmou Henrique Granadeiro, presidente executivo da Portugal Telecom, a 6 de Dezembro, durante o Congresso das Comunicações da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações.

Esta meta não vai ser atingida, segundo apurou o Jornal de Negócios.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias