Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

“Qualquer operador que se sentir lesado pode ir para tribunal”

O presidente da Autoridade da Concorrência (AdC), Abel Mateus, afirmou que um operador que se sinta lesado com o desenvolvimento do processo da oferta pública de aquisição (OPA) sobre a PT pode ir para tribunal, mas que essa medida não fará parar o proces

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 22 de Dezembro de 2006 às 18:34
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O presidente da Autoridade da Concorrência (AdC), Abel Mateus, afirmou que um operador que se sinta lesado com o desenvolvimento do processo da oferta pública de aquisição (OPA) sobre a PT pode ir para tribunal, mas que essa medida não fará parar o processo.

"Qualquer operador que se sinta lesado pode ir para tribunal", afirmou Abel Mateus, em resposta aos jornalistas, no âmbito da conferência de imprensa onde foi anunciada a "não oposição" da entidade à OPA sobra a PT.

Em Outubro, a Vodafone ameaçou recorrer à justiça, recusando-se a aceitar remédios que a prejudiquem. Na altura, a Vodafone Portugal afirmou que não está disposta a aceitar que os remédios impostos pela AdC, para fazer aprovar a OPA da Sonaecom sobre a Portugal Telecom, venham a afectar a actividade da empresa liderada por António Carrapatoso.

Abel Mateus ressalvou, na conferência de imprensa de hoje, que mesmo que um operador decida prosseguir para tribunal, "não efeitos suspensivos" na operação, defendendo que os responsáveis por este processo fizeram "o melhor trabalho possível".

Quando questionado sobre a críticas feitas pelo ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, em relação ao atraso da operação, Mateus afirma que a única pressão é a concorrência e o equilíbrio do mercado.

Ver comentários
Outras Notícias