Mercados Quatro empresas portuguesas entre as mais sustentáveis do mundo

Quatro empresas portuguesas entre as mais sustentáveis do mundo

BES é o primeiro banco nacional a fazer parte do índice dos banco mais sustentaveis do mundo.
Quatro empresas portuguesas entre as mais sustentáveis do mundo

Quatro das maiores cotadas nacionais viram as suas práticas de sustentabilidade reconhecidas a nível mundial. A partir de 23 de Setembro, EDP, Galp Energia, Banco Espírito Santo (BES) e Portugal Telecom (PT) passaram a fazer parte do "lote" de 333 cotadas do índice mundial de sustentabilidade. Neste índice accionista, as empresas nacionais ocupam posições de destaque nos respectivos sectores.

A gestora dos índices Dow Jones anunciou, esta quinta-feira, a revisão dos índices de sustentabilidade. Depois de serem acrescentadas 39 novas cotadas e retiradas 47 outras companhias, o DJSI World passará a contar com 333 empresas, já o índice europeu terá 177 companhias. Fonte oficial da gestora adiantou ao Negócios que o índice mundial passará a contar com a presença de BES, EDP, Galp Energia e PT.

O BES é a única novidade no índice Dow Jones mundial de sustentabilidade, isto porque as três outras empresas faziam já parte deste índice. O banco liderado por Ricardo Salgado faz parte há três anos do índice europeu. Contudo, agora passará a ser o único banco português a fazer parte da "amostra" mundial, composta por 23 instituições, e também a nível europeu.

"Um dos factores de integração neste índice é o facto de o banco não ter recorrido a capitais públicos e ao ‘free float’/capitalização bolsistaque foi avaliado à data de 31 de Dezembro de 2012, para além do forte reforço das restantes dimensões de sustentabilidade", acrescenta o comunicado do banco. O BES obteve uma classificação de 85 pontos, que compara com a média de 58 pontos e com 93 pontos obtidos pelo líder mundial.

Para a EDP este será o sexto ano consecutivo em que integra o índice Dow Jones mundial de Sustentabilidade. Contudo, este foi o ano em que obteve a melhor pontuação de sempre (90 pontos) e passou a figurar como a líder mundial das "utilities" (electricidade, água e gás). A empresa liderada por António Mexia tinha já sido líder do sector eléctrico por três vezes, revela o comunicado divulgado pela empresa.

"Este é um reconhecimento internacional do desempenho de excelência nas áreas que elegeu como prioritárias na sua estratégia de desenvolvimento sustentável", sublinha a EDP que acrescenta que foram avaliadas as dimensões económica, ambiental e social.

A Galp Energia também voltou a ser incluída no "top" das empresas mais sustentáveis do mundo. Com uma pontuação de 76 pontos, a petrolífera liderada por Ferreira de Oliveira é uma das cinco empresas europeias do sector "oil & gas" a fazer parte deste índice.

Mas, também a PT foi distinguida. A operadora "está presente, pelo quarto ano consecutivo, no Dow Jones Sustainability World Index, sendo uma referência entre as melhores empresas de telecomunicações a nível mundial em termos de sustentabilidade", refere o comunicado da empresa.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI