Bolsa Queda do retalho dita descida da bolsa nacional

Queda do retalho dita descida da bolsa nacional

A bolsa nacional segue em queda, a acompanhar a tendência das congéneres europeias, numa altura em que a guerra comercial entre os EUA e a China continuam a marcar o passo.
A carregar o vídeo ...
Sara Antunes 24 de setembro de 2018 às 08:12
A bolsa nacional segue em queda, com o PSI-20 a perder 0,06% para 5.342,60 pontos, numa altura em que das 18  cotadas que compõem o índice oito estão em queda, sete em alta e três inalteradas. Entre os congéneres europeus a tendência é semelhante, com as bolsas em queda, numa altura em que a tensão entre os EUA e a China, devido à guerra comercial voltou a aumentar.

Na praça lisboeta, o sector do retalho é dos que mais pressiona, com a Jerónimo Martins a perder 0,93% para 12,755 euros e a Sonae SGPS a recuar 0,22% para 0,897 euros. 

A pesar está tambem a Corticeira Amorim, ao descer 1,89% para 11,42 euros, bem como a Mota-Engil, que recua 0,24% para 2,115 euros.

Do lado oposto está o BCP, ao subir 0,04% para 0,2511 euros, no dia em que foi noticiado que o Crédit Agricole saiu da corrida à compra do polaco Eurobank.

O arranque da sessão está a ser marcado por oscilações pouco acentuadas nas cotadas nacionais.

No sector da energia, a EDP recua 0,06% para 3,222 euros, e a EDP Renováveis perde 0,75% para 8,655 euros. Já a Galp Energia sobe 0,97% para 16,585 euros, numa altura em que os preços do petróleo sobem quase 2% e negoceiam acima dos 80 dólares por barril no mercado londrino, que é o de referência para Portugal.



Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI