Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Queda do petróleo gera fortes ganhos nas bolsas asiáticas

As principais praças asiáticas registaram uma sessão de ganhos acentuados, acompanhando a tendência positiva dos mercados norte-americanos. A queda dos preços do petróleo nos mercados internacionais para o valor mais baixo das últimas doze semanas foi o catalisador para a valorização das cotadas.

Paulo Moutinho 30 de Julho de 2008 às 07:32
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
As principais praças asiáticas registaram uma sessão de ganhos acentuados, acompanhando a tendência positiva dos mercados norte-americanos. A queda dos preços do petróleo nos mercados internacionais para o valor mais baixo das últimas doze semanas foi o catalisador para a valorização das cotadas.

O petróleo recuou, ontem, para perto dos 120 dólares, com a valorização do dólar e os comentários do presidente da OPEP, que previu uma descida das cotações da matéria-prima para valores entre os 70 e os 80 dólares. Esta queda dos preços impulsionou os mercados norte-americanos e fez subir também os índices asiáticos.

O MSCI Asia-Pacific ganhava 1,5% para 132,07 pontos, registando assim a maior valorização desde 21 de Julho. No Japão, o Nikkei 225 avançou 1,58% para 13.367,79 pontos, já o Topix encerrou a sessão em alta de 1,63%. A generalidade dos mercados da região avançou, com excepção das bolsas da China. O CSI300 seguia a perder 0,68%.

Entre as cotadas, destaque para a subida de 5,3% da China Petroleum & Chemical, animada pela perspectiva de que a queda dos preços do petróleo possa contribuir para um aumento das margens de lucro da companhia, na refinação. A PetroChina acompanhou a tendência.

Além da descida dos preços da matéria-prima, a contribuir para os ganhos na sessão estiveram também resultados acima do esperado. O Matsushita Electric Industrial avançou mais de 6%, depois de ter revelado lucros trimestrais que superaram o consenso do mercado. A Taisho Pharmaceutical subiu 8,3% depois do Citigroup ter alterado a recomendação para as acções para “comprar”.

Ver comentários
Outras Notícias