Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

"Estamos confiantes de que vamos passar os testes"

O presidente do Banco Espírito Santo mostra-se confiante nos resultados dos testes de stress do banco.

Maria João Gago mjgago@negocios.pt 22 de Julho de 2010 às 09:40
"Já saíram alguns elementos do Banco de Portugal. Temos informações no sentido positivo" sobre os testes de stress e estamos “bastante confiantes”, afirmou Ricardo Salgado na Hora H.

"Estamos confiantes de que vamos passar os testes", revelou o presidente do BES.

No Hora H, iniciativa do Negócios, Salgado lembrou que o seu grupo viveu, "no passado outros momentos de stress, o das nacionalizações dos bancos. Ganhámos algum backgrond para passar momentos de stress".

O presidente do BES revelou que devem ser divulgados os rácios da ESFG, que é uma "holding" operacional.

“Não tem clientes, não tem depósitos. Tem uma emissão relativamente pequena. Por isso, o Banco de Portugal aceitou divulgar os testes de stress também aplicados ao BES”, que serão conhecidos apenas a 6 de Agosto. “O BES terá melhores resultados, mas mesmo assim, a ESFG deverá passar”, afirmou Salgado, lembrando que os “rácios de core Tier I é dos mais elevados da Península Ibérica”.

Críticas ao research

"É o próprio sistema bancário que contribui para o agravamento do sistema bancário", o que "é inqualificável"- "Depois dos resultados dos stress testes vai continuar a haver comentários", disse Salgado a propósito das várias análises que casas de investimento têm feito, antecipando os resultados dos testes.

"O objectivo dos testes de stress é aumentar a transparência do sector financeiro", afirmou, lembrando que “ninguém ousava fazer considerações de banco para banco” "É uma insuficiência do sistema que um devia devia ser regulada”, considerou. "As análises de research aos bancos deveriam ser feitas por entidades independentes, mas isso cabe aos reguladores", acrescentou.





Ver comentários
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio