Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

"Febre" de contágio da crise da dívida do euro continua a descer (act.)

Os juros da dívida espanhola e italiana estão hoje, de novo, em queda acentuada. A dez anos estão já colados ao patamar mais usual de 5%. As intervenções do BCE estão também a aliviar os indicadores que antecipam as condições de financiamento do Estado português.

Eva Gaspar egaspar@negocios.pt 09 de Agosto de 2011 às 08:54
As taxas de juro implícitas da dívida pública espanhola e italiana continuam esta manhã a descer significativamente e em todos os prazos. A dez anos, prazo de referência para medir o pulso às condições de financiamento dos Estados, os juros estão já em ambos os casos colados ao patamar de 5%, que corresponde a um padrão mais regular.

No caso de Espanha, os juros descem 11,4 pontos base para 5,042%. No de Itália, a descida é semelhante, 11,6 pontos base, estando as taxas em 5,171%.
Há apenas uma semana, os juros no mercado secundário aproximaram-se dos 6,5%, levando muitos analistas a temer que estes “pesos pesados” da Zona Euro tivessem ultrapassado o ponto de não-retorno e que, mais cedo ou mais tarde, seriam levados a pedir também ajuda externa, à semelhança do que sucessivamente sucedeu com a Grécia, Irlanda e Portugal.

As campainhas de alarme forçaram o Banco Central Europeu (BCE) a reactivar o seu programa de compras de obrigações soberanas, que criara, muito a contra-gosto, no rescaldo da intervenção na Grécia e que não aplicava há 18 semanas consecutivas. E os resultados, pelo menos para já, são positivos.

As compras do BCE estão também a aliviar os juros reclamados no mercado secundário para trocar de mãos obrigações portuguesas. As “yields” a dez anos descem 6,8 pontos base para 10,562%; a cinco cedem 19,3 para 12,439% e a três anos, prazo do empréstimo externo, recuam 4,1 pontos base para 12,922%. Na Grécia, os juros estão também a aliviar, ao contrário da Irlanda, onde sobem, ainda que moderamente.



Ver comentários
Saber mais Crise Europa Itália Espanha BCE
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio