Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Recuperação da GM e Chrysler pode ser afectada pela falência dos fornecedores

A General Motors (GM) e a Chrysler, as duas fabricantes norte-americanas que têm de provar ao Governo dos EUA que serão capazes de sobreviver, para assim obterem o necessário financiamento, podem ver os seus esforços fracassados devido à falência dos seus fornecedores.

Paulo Moutinho 16 de Janeiro de 2009 às 10:44
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
A General Motors (GM) e a Chrysler, as duas fabricantes norte-americanas que têm de provar ao Governo dos EUA que serão capazes de sobreviver, para assim obterem o necessário financiamento, podem ver os seus esforços fracassados devido à falência dos seus fornecedores.

Segundo Craig Fitzgerald, um consultor da Plante & Moran, citado pela Bloomberg, é provável que um total de 1.600 fabricantes de componentes automóveis dos EUA possam enfrentar fortes dificuldades financeiras até meados deste ano. Cerca de 100 podem fechar, o que significaria o “caos”, sublinha.

“Os fabricantes de automóveis serão taxados nos próximos nove meses como nunca o foram”, salienta Fitzgerald. “Terão de fazer uma série de malabarismos para lidar com as falências”, considera este consultor.

A GM e a Chrysler, que têm sido fortemente penalizadas pela queda acentuada nas vendas, obtiveram promessas de ajuda dos EUA, para evitarem a falência, que colocaria milhares de norte-americanos, principalmente, no desemprego.

Têm agora até 31 de Março para agruparem argumentos suficientes para convencerem o Congresso de que serão capazes de sobreviver. As dificuldades dos fornecedores de componentes podem complicar os planos das fabricantes de automóveis.
Ver comentários
Outras Notícias