Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Regulador britânico defende exigências de capital mais duras

As regras definidas por Basileia III vão "melhorar a resistência do sistema financeiro", mas se fosse o presidente do regulador de mercados do Reino Unido a definir as metas, o rácio de capital seria mais elevado do que o actualmente definido, principalmente para os grandes bancos.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 22 de Setembro de 2010 às 12:53
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
“Acredito que devíamos” ter aumentado os rácios de capital exigidos à banca através de Basileia III, se se tivesse “desenhado um sistema bancário completamente novo para uma economia nova”, defendeu o presidente do regulador do mercado financeiro britânico, Adair Turner, citado pela Bloomberg.

“Mas começando onde estamos actualmente, as reformas de Basileia III vão melhorar significativamente a resistência dos nossos sistemas bancários”, acrescentou.

“Enquanto Basileia III e as novas propostas são passos importantes, não são por si só suficientes”, adiantou.

Entre as medidas que Adair Turner considera possíveis para melhorar a resistência dos grandes bancos, de forma a conseguirem absorver melhor potenciais perdas, está “uma combinação entre maiores exigências de capital” em conjunto com mais produtos de dívida subordinada, como o caso da dívida subordinada perpétua, cujo seu pagamento é definido pelo banco e que apesar de ter um prazo indicativo de pagamento não tem uma data efectivamente estabelecida.

Ver comentários
Outras Notícias