Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Responsáveis do Fortis afirmam que situação financeira é "sólida" (act)

Os responsáveis do banco holandês Fortis anunciaram que a situação financeira do banco é "sólida" e os níveis de capital "bem acima" dos mínimos regulamentares. Os responsáveis falaram hoje numa conferência de imprensa numa altura em que os investidores se questionam quanto à situação económica da instituição.

Lara Rosa lararosa@negocios.pt 26 de Setembro de 2008 às 12:16
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...
Os responsáveis do banco holandês Fortis anunciaram que a situação financeira do banco é “sólida” e “bem acima” dos mínimos regulamentares. Os responsáveis falaram hoje numa conferência de imprensa numa altura em que os investidores se questionam quanto à situação económica da instituição.

O banco belga-holandês adiantou que a situação está “sólida” e que está a operar com valores de capiatl “bem acima” dos mínimos regulamentares, segundo a Bloomberg.

O presidente executivo do Fortis, Herman Verswilst, afirmou hoje numa conferência de imprensa em Bruxelas que está “pasmado” pela queda das acções do banco e que o valor de mercado do banco não reflecte o quanto está a funcionar o negócio, de acordo com a agência noticiosa norte-americana.

Os títulos do banco, que seguem agora a perder 14,43% para os 5,65 euros, negoceiam em terreno negativo pela quinta sessão consecutiva, tendo já perdido quase 30% do seu valor em bolsa durante estas sessões. As acções estão actualmente em leilão de ordens.

O banco holandês tem sido penalizado pela especulação de que tenha de se debater com um aumento de capital de 8,23 mil milhões de euros e que poderia mesmo de precisar de mais fundos devido à deterioração do mercado.

No entanto Verswilst afirmou que “a necessidade de capital adicional vai ser só daqui a 12 ou 18 meses quando começarmos a incluir parte do negócio do ABN Amro”.

O Fortis adquiriu o ABN Amro no ano passado mas as empresas continuaram a funcionar em separado, como referiu Peter Schimittan, presidente da ABN Amro na Holanda ao jornal “De Telegraaf”.

O jornal alemão noticiou hoje que os clientes do ABN Amro estão a deixar o banco para recorrer a outras instituições. Sobre este assunto os responsáveis do Fortis afirmaram que o banco está a funcionar de forma normal.

Quando questionados sobre uma venda de acções, Filip Dierckx, chefe da unidade de banca do Fortis, afirmou que o banco não está a ter problemas de liquidez e que por isso a opção não está a ser considerada.

O Fortis é parceiro do BCP nos seguros, tendo abandonado o capital do banco português em Setembro do ano passado, depois da venda de 3,9% do capital por 140 milhões de euros. Apesar desta operação, que serviu para financiar a aquisição de activos do ABN, o Fortis e o BCP asseguraram na altura o “forte empenho” na parceria que tinham no sector segurador em Portugal.

O BCP e o Fortis controlam em conjunto o Millennium bcp Fortis Grupo Segurador, companhia que detém várias seguradoras, como a Ocidental Vida e a Ocidental Seguros.


Desvalorização de quase 30%
5 dias de negociação em queda


Ver comentários
Outras Notícias