Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Saída da Caixa apanha PT desprevenida a meio da fusão com a Oi

A Caixa não avisou a PT de que ia vender as suas acções. A venda acontece a meio do processo de fusão com a Oi.

Pedro Santos Guerreiro psg@negocios.pt 24 de Outubro de 2013 às 08:36
  • Assine já 1€/1 mês
  • 38
  • ...

A administração e o núcleo duro accionista da Portugal Telecom foram apanhados de surpresa pela venda da participação da Caixa Geral de Depósitos na empresa, sabe o Negócios.

 

Esta operação foi comunicada hoje ao mercado, significando uma forte oferta de acções em Bolsa, o que pressiona o seu preço.

 

Para a Caixa, a venda traduz a redução da exposição do banco a empresas não financeiras, gerando ademais um encaixe.

 

Para a Portugal Telecom, no entanto, esta saída é inoportuna, uma vez que está a ser negociada neste momento a fusão entre a empresa portuguesa e a Oi. A Caixa é accionista de referência da PT, pelo que a sua saída pode enfraquecer a posição portuguesa. Do outro lado da mesa de negociações está um conjunto de accionistas brasileiros, incluindo o BNDES, banco também público, mas do Brasil.

 

A Caixa Geral de Depósitos explica, em comunicado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários, que esta venda faz parte de uma "estratégia de desinvestimento em activos não estratégicos". O banco público irá agora proceder ao lançamento de uma oferta particular das acções, "através de um processo de 'accelerated bookbuilding' dirigido em exclusivo a investidores qualificados". A recepção de ordens tem efeito imediato.

 

Esta oferta particular de acções será concluída ainda esta quinta-feira. O CaixaBI e o Crédit Suisse actual enquanto joint bookrunners da oferta. 

 

Segundo os termos da oferta, a que a Bloomberg teve acesso, a posição da CGD será vendida a um intervalo de preços entre os 3,45 euros e os 3,583 euros por acção. Ou seja, o banco público pode encaixar com esta venda entre 188,9 milhões de euros e 196,2 milhões de euros.  

 

As acções da operadora encerraram a sessão desta quarta-feira a negociar precisamente nos 3,583 euros, o valor mais elevado do intervalo. 

 

(Notícia actualizada às 08h59)

Ver comentários
Saber mais Caixa Geral de Depósitos Portugal Telecom PT
Outras Notícias