Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

S&P retira "rating" máximo ao FEEF

A Standard & Poor’s (S&P) cortou o "rating" do Fundo Europeu de Estabilidade Financeira (FEEF), retirando-o do nível máximo para "AA+", tal como França e Áustria.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 16 de Janeiro de 2012 às 18:35
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
A notícia está a ser avançada pela Bloomberg que cita um relatório onde a agência de notação financeira está a rever o “rating” do FEEF para reflectir os cortes que anunciou na última sexta-feira.
“As obrigações do FEEF já não estão completamente apoiadas pelas garantias dos membros do fundo com ‘rating’ AAA”, afirma a S&P na nota hoje emitida e citada pela Bloomberg.


Na sexta-feira, a S&P anunciou o corte de “rating” da dívida da França e da Áustria, ambos a perderem a notação máxima de “triplo A”, bem como o de Portugal, Espanha, Eslovénia, Eslováquia, Malta, Itália e Chipre.

O “rating” do FEEF ficou em risco a partir do momento em que França e Áustria perderam o “triplo A”, já que Paris é um do maiores financiadores do fundo.

É através do FEEF que são financiados os programas de resgate de países como Portugal e Irlanda.
Ver comentários
Saber mais FEEF S&P crédito taxa de juro rating
Outras Notícias