Research Santander avalia acções da EDP Renováveis em mais de 10 euros

Santander avalia acções da EDP Renováveis em mais de 10 euros

O grupo Santander subiu a recomendação da EDP Renováveis de "manter" para "comprar". Além disso, subiu o preço-alvo para 10,09 euros, face aos anteriores 8,04 euros.
Santander avalia acções da EDP Renováveis em mais de 10 euros
Rita Atalaia 09 de novembro de 2018 às 08:41

O grupo Santander melhorou a recomendação que atribui às acções da EDP Renováveis. A contribuir para esta melhoria estará a subida de preço-alvo dos títulos da subsidiária da EDP para mais de 10 euros. 

 

De acordo com a Bloomberg, Bosco Muguiro, analista do Santander, mudou a recomendação da EDP Renováveis de "manter" para "comprar". Já o preço-alvo subiu para 10,09 euros, face aos anteriores 8,04 euros. Este novo "target" confere às acções da empresa liderada por João Manso Neto um potencial de valorização de 26% face à actual cotação.

As acções da subsidiária da EDP estão a subir 2,50% para 7,99 euros na sessão desta sexta-feira, 9 de Novembro.

 

A agência não avança mais detalhes para esta decisão e o Negócios não teve acesso à nota de investimento devido às novas regras da DMIF em vigor no mercado desde Agosto.

 

Esta alteração da recomendação e preço-alvo acontece depois de a EDP Renováveis ter apresentado, na quarta-feira, lucros de 115,2 milhões de euros no período entre Janeiro e Setembro. Este resultado quebra de 30% face ao resultado líquido de 165,5 milhões de euros alcançado no período homólogo.