Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sarkozy e Brown unem-se para alertar para reforma global dos mercados financeiros

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, e o primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, uniram-se para alertar para a urgência de uma reforma global dos mercados financeiros.

Patrícia Abreu pabreu@negocios.pt 10 de Dezembro de 2009 às 08:02
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O presidente francês, Nicolas Sarkozy, e o primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, uniram-se para alertar para a urgência de uma reforma global dos mercados financeiros.

Num texto que vai ser publicado no “Wall Street Journal”, os dois responsáveis falam a uma só voz sobre a necessidade de um acordo global para os mercados financeiros e consideram que uma política de impostos única para os bónus da banca deve ser “considerada uma prioridade”.

De acordo com a BBC, os dois líderes afirmam que é “simplesmente inaaceitável” para os contribuintes cobrirem os custos das falhas da banca, mas não beneficiarem com o seu sucesso.

O artigo surge no momento em que os líderes europeus se preparam para uma reunião em Bruxelas.

Sarkozy e Brown afirmam ainda que a crise financeira os levou a reconhecer “que estamos agora numa economia que já não é nacional, mas global, por isso os padrões financeiros devem também ser globais”.

“As pessoas, com razão, querem um sistema bancário pós-crise que coloque as suas necessidades em primeiro lugar. Para isso, é necessária uma mudança global”, destacaram o primeiro-ministro britânico e o presidente francês.

Os líderes realçam que há várias propostas para a reforma do sector financeiro que merecem análise, mas “entre estas propostas, acreditamos que um imposto extraordinário sobre os prémios pagos deverá ser encarado como uma prioridade porque os bónus para 2009 são, em parte, o resultado do apoio dos Estados Unidos ao sistema bancário”.

Ver comentários
Outras Notícias