Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sector da banca pressiona bolsas norte-americanas (act.)

As bolsas americanas recuavam na abertura, pressionadas pelas empresas financeiras. O Citigroup desvalorizava mais de 1%, depois de ter anunciado o despedimento de 17 mil trabalhadores. A Alcoa, a primeira do Dow Jones a apresentar as contas trimestrais,

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 11 de Abril de 2007 às 15:05
  • Partilhar artigo
  • ...

As bolsas americanas recuavam na abertura, pressionadas pelas empresas financeiras. O Citigroup desvalorizava mais de 1%, depois de ter anunciado o despedimento de 17 mil trabalhadores. A Alcoa, a primeira do Dow Jones a apresentar as contas trimestrais, negociava em alta.

O Dow Jones [INDU] deslizava 0,24% para os 12.543,94 pontos e o Nasdaq [CCMP] caía 0,25% para os 2.471,42 pontos.

O sector da banca era o que mais pressionava o índice industrial, com o Citigroup a perder 1,18% para os 51,78 dólares.

A maior instituição financeira do mundo anunciou hoje que planeia despedir 17 mil trabalhadores, ou seja, 5% da sua força de trabalho.

Estes despedimentos fazem parte de um plano de reestruturação que visa reduzir os gastos anuais do banco em 4,6 mil milhões dólares durante os próximos três anos.

A liderar os ganhos no Dow Jones estavam as acções da Alcoa que valorizavam 1,42% para os 35,39 dólares.

A empresa de alumínio é a primeira empresa do índice a desvendar as suas contas trimestrais que superaram as estimativas dos analistas.

Segundo os dados compilados pela agência Bloomberg, de Janeiro a Março de 2007, as empresas que fazem parte do índice S&P 500 deverão apresentar uma subida média de 3,3% dos lucros face ao período homólogo de 2006.

Ver comentários
Outras Notícias