Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Seis cotadas já geram metade do negócio no estrangeiro

A aposta na internacionalização leva a que uma percentagem crescente das receitas das maiores cotadas portuguesas tenha origem no estrangeiro. Na Sonae Indústria, EDP Renováveis, Cimpor, Teixeira Duarte, Jerónimo Martins e Portugal Telecom a actividade no exterior representa já metade do negócio. O que, no entanto, as deixa expostas à forte variação das moedas locais. Um desafio que têm aprendido a contornar.

Susana Domingos sdomingos@negocios.pt 21 de Outubro de 2009 às 00:02
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A aposta na internacionalização leva a que uma percentagem crescente das receitas das maiores cotadas portuguesas tenha origem no estrangeiro. Na Sonae Indústria, EDP Renováveis, Cimpor, Teixeira Duarte, Jerónimo Martins e Portugal Telecom a actividade no exterior representa já metade do negócio. O que, no entanto, as deixa expostas à forte variação das moedas locais. Um desafio que têm aprendido a contornar.





logo_empresas

Ver comentários
Outras Notícias