Bolsa Sessão morna em Wall Street

Sessão morna em Wall Street

As bolsas norte-americanas encerraram com quedas ligeiras, com os ganhos nas tecnologias a serem ofuscados pelo desempenho negativo nos sectores mais sensíveis às subidas das taxas de juro.
Sessão morna em Wall Street
Reuters
Carla Pedro 18 de janeiro de 2018 às 21:09

O Dow Jones encerrou a ceder 0,37%, para se fixar nos 26.017,81 pontos, e o Standard & Poor’s 500 recuou 0,16% para 2.798,03 pontos.

 

Por seu lado, o tecnológico Nasdaq Composite registou uma descida muito marginal, de 0,03%, para 7.296,05 pontos.

 

As tecnologias puxaram pelas subidas do outro lado do Atlântico, mas as perdas cotadas dos sectores mais sensíveis a subidas das taxas de juro acabaram por ter mais força no saldo do dia.

 

Assim, as "utilities" [empresas ligadas ao fornecimento de água, gás e electricidade] e as cotadas do ramo imobiliário negociaram no vermelho, dada a perspectiva de mais subidas de juros pela Fed devido aos bons dados económicos dos EUA.

 

"Vamos continuar a assistir a um braço-de-ferro entre a rapidez com que a economia norte-americana cresce e o ritmo de subida das taxas de juro", comentou à Reuters uma estratega da Edward Jones em St. Louis, Kate Warne.

 

Segundo a mesma analista, é provável que em 2018 haja mais volatilidade em Wall Street do que aquela que se observou no ano passado.

 

Entretanto, os investidores continuam atentos à época de divulgação dos resultados de 2017 e a expectativa é a de que as contas das principais cotadas sejam, em termos agregados, robustas.




pub