Bolsa Subida da EDP dá arranque positivo à bolsa

Subida da EDP dá arranque positivo à bolsa

A bolsa nacional iniciou a sessão em alta ligeira, a beneficiar da subida da EDP, numa manhã de recuperação entre as praças europeias, que estão também a reflectir a vitória de Clinton no debate sobre as presidenciais dos EUA.
A carregar o vídeo ...
Sara Antunes 27 de setembro de 2016 às 08:05
O PSI-20 sobe 0,06% para 4.569,65 pontos, com oito cotadas em alta, cinco em queda e cinco inalteradas. A bolsa nacional acompanha assim as congéneres europeias, num dia em que os investidores estão a reflectir na negociação bolsista a derrota de Donald Trump frente a Hillary Clinton no primeiro debate para a Casa Branca. No final, as sondagens revelam que Clinton venceu o debate, sendo que os debates deverão ajudar os indecisos a decidirem-se em quem vão votar. Antes do debate, os dois candidatos à Casa Branca estavam a registar resultados nas sondagens muito próximos.

As bolsas seguem também a recuperar das fortes perdas de ontem, dia em que a negociação foi afectada pelos receios em torno do Deutsche Bank. O maior banco da Europa voltou a afundar na última sessão e a negociar em mínimos históricos, com os investidores a reflectirem na negociação as preocupações em torno das necessidades de capital do maior banco da Europa. Em causa estão as necessidades de capital da instituição, numa altura em que está numa disputa legal nos EUA, o que poderá implicar o pagamento de uma coima de 14 mil milhões de dólares para encerrar um processo ligado aos créditos imobiliários de baixa qualidade ('subprime'), que provocaram a crise de 2008.  

Na praça nacional, a contribuir para a subida do índice está a EDP, ao subir 0,37% para 2,949 euros, uma tendência que é partilhada pela EDP Renováveis, que avança uns tímidos 0,07% para 7,132 euros. A empresa liderada por Manso Neto anunciou esta segunda-feira que estabeleceu um acordo com duas instituições financeiras, que não identifica, para o financiamento de "tax equity" no montante de 342 milhões de dólares (305 milhões de euros).

Ainda na energia, a Galp está a cair 0,21% para 11,70 euros, numa altura em que os preços do petróleo estão a descer e a aliviar da subida da última sessão. O barril do Brent desce 0,70% para 47,02 dólares, numa altura em que se continua a aguardar pelo desfecho da reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) para perceber se vai haver algum acordo que reduza a oferta. 

A pesar na negociação está também a Nos, ao perder 0,46% para 6,085 euros.

(Notícia actualizada com mais informação) 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI