Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Subida da inflação pressiona abertura de Wall Street (act.)

As bolsas norte-americanas seguem em queda, pressionadas pelo facto de índice de preços dos bens de consumo terem registado o maior aumento desde 1981, evidenciando que os norte-americanos estão a perder poder de compra. O Nasdaq caia 0,55% e o Dow Jones descia 0,43%.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 04 de Agosto de 2008 às 14:59
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As bolsas norte-americanas seguem em queda, pressionadas pelo facto de índice de preços dos bens de consumo terem registado o maior aumento desde 1981, evidenciando que os norte-americanos estão a perder poder de compra. O Nasdaq caia 0,55% e o Dow Jones descia 0,43%.

O Nasdaq descia para os 2.298,21 pontos e o Dow Jones caia para os 11.277,31 pontos.

O poder de compra dos consumidores norte-americanos foi afectado pelo maior aumento de preços dos últimos 30 anos, diminuindo os efeitos dos poderes do programa de incentivos fiscais do governo. A inflação ligada ao consumo, na maior economia do mundo, subiu 0,8%, o maior crescimento desde 1981, e a despesa dos consumidores cresceu 0,6%, anunciou o Departamento do Comércio norte-americano.

Devido a este relatório, são as cotadas mais dependentes do nível de consumo nos Estados Unidos que estão a pressionar os índices de forma mais forte. O Citigroup cede 2,17% e a Caterpillar cai 0,34%.

As mineiras estão também em queda, devido à desvalorização dos preços dos metais. A Barrick Gold cedia 0,25%.

O sector financeiro está também a ser penalizado pelo facto de o HSBC ter anunciado que obteve prejuízos de 2,9 mil milhões de dólares na unidade do Norte da América, devido ao crescimento de 85% no crédito ao consumo malparado nos Estados Unidos. O JPMorgan cai 1,42% e a AIG perde 0,67%.



Ver comentários
Outras Notícias