Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Subida das reservas nos EUA provoca queda do preço do petróleo

O preço do barril de petróleo seguia a recuar nos mercados internacionais, depois do Departamento de Energia dos EUA ter anunciado que os inventário da matéria-prima voltaram a subir pela quinta semana consecutiva.

Paulo Moutinho 15 de Março de 2006 às 16:35
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O preço do barril de petróleo seguia a recuar nos mercados internacionais, depois do Departamento de Energia dos EUA ter anunciado que os inventário da matéria-prima voltaram a subir pela quinta semana consecutiva.

O West Texas Intermediate (WTI) [cl1], negociado no mercado nova-iorquino seguia a desvalorizar 0,87% para os 62,55 dólares, depois de ter avançado mais de 2% nas duas últimas sessões. Em Londres, o «brent» [co1] descia 0,11% para os 63,90 dólares.

Ao início da tarde, o Departamento de Energia norte-americano anunciou que as reservas de petróleo, na semana terminada a 10 de Março, aumentaram em 4,8 milhões de barris para os 339,9 milhões, colocando os «stocks» no nível mais elevado desde Maio de 1999.

Este aumento das reservas de petróleo surpreendeu o painel de 15 analistas consultados pela agência Bloomberg, que previam um aumento dos inventários na ordem dos 2,5 milhões de barris.

Os «stocks» destilados recuaram em 1,8 milhões de barris, menos que a quebra de 3,8 milhões de barris estimada pelos mesmos analistas. As reservas de gasolina registaram uma quebra de 1,2 milhões de barris, no mesmo período, quando os analistas consultados pela Bloomberg estimavam uma descida de apenas 881 mil barris.

Segundo o analista Kyle Cooper do Citigroup, apesar dos «inventários estarem de volta aos níveis de 1999, os preços do petróleo continua elevados», uma vez que «o mercado tem-se mostrado relutante devido aos receios de quebra nos fornecimentos.

Outras Notícias