Mercados Tecnológicas dão gás à abertura de Wall Street

Tecnológicas dão gás à abertura de Wall Street

As principais bolsas norte-americanas abriram a sessão desta segunda-feira em alta, impulsionadas pela boa prestação do setor tecnológico, que gostou dos comentários apaziguadores da China, antes do encontro com os EUA.
Tecnológicas dão gás à abertura de Wall Street
Reuters
Gonçalo Almeida 30 de setembro de 2019 às 14:35

Entre os três principais índices de Wall Street, o tecnológico Nasdaq é o que mais ganha, uma vez que as empresas do setor são muito dependentes das trocas comerciais entre Washington e Pequim. O Nasdaq avança 0,31% para os 7.963,16 pontos.

O Dow Jones valoriza 0,12% para 26.852,33 pontos e o Standard & Poor’s 500 ganha 0,21% para os 2.967,99 pontos.

Ontem, o vice ministro do Comércio Wang Shouwen apelou à "calma e a atitudes racionais" para o novo encontro de dois dias entre os representantes de Donald Trump e de Xi Jinping, marcado para 10 e 11 de outubro, nos EUA.

Entre as empresas, a Apple sobe 1,23%, depois da JP Morgan ter aumentado a previsão de encomendas dos novos iPhones e a Intel ganha 0,6%.

A guerra comercial entre as duas maiores economias mundiais – que dura há mais de um ano – tem feito moça em grande parte dos setores económicos de ambos os lados. Nas últimas semanas, Pequim tem feito um esforço para tentar alcançar um acordo que atenue as consequências desta guerra tarifária e tem apelado às empresas locais para comprarem bens de empresas norte-americanas.

No entanto, Washington tem sido mais intransponível. Donald Trump disse mesmo na semana passada que não existia qualquer acordo com a China e que não procurava nenhum tipo de acordo parcial, mas apenas um acordo total que responda às suas exigências. 

Os principais índices de Wall Street encaminham-se para acabar o trimestre de forma bastante negativa, com o sentimento a oscilar em conssonância com a batuta de Trump e Xi. 








pub

Marketing Automation certified by E-GOI