Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Telecomunicações e petrolíferas sustentam ganhos da Europa

As principais bolsas terminaram a sessão com ganhos, com as principais praças a valorizar mais de 1%, impulsionadas pelas companhias petrolíferas e pelo sector das telecomunicações. O Dow Jones Stoxx 50 subiu 0,64% para os 3.156,80 pontos.

Paulo Moutinho 09 de Agosto de 2005 às 18:20
  • Partilhar artigo
  • ...

As principais bolsas terminaram a sessão com ganhos, com as principais praças a valorizar mais de 1%, impulsionadas pelas companhias petrolíferas e pelo sector das telecomunicações. O Dow Jones Stoxx 50 subiu 0,64% para os 3.156,80 pontos.

O preço do barril de petróleo recuava em Londres e Nova Iorque, com o crude [cl1] a desvalorizar 0,61% para os 63,55 dólares e o «brent» [co1] a depreciar 0,43% para os 62,43 euros.

Em Frankfurt, o DAX [dax] encerrou a subir 1,48% para os 4.909,48 pontos, com as acções da Deutsche Telekom a valorizar 1,81% para os 16,30 euros. O construtor de automóveis DaimlerChrysler subiu 2,42% para os 41,50 euros, depois do rumor de que Wolfgang Bernhard, responsável pela marca Volkswagen, pode voltar para a Mercedes no Verão de 2006.

O francês CAC40 valorizou 1,14% para os 4.491,69 pontos. A petrolífera Total influenciou o índice com uma subida de 1,29% para os 211,4 euros. A France Télécom, seguiu a tendência do índice das telecomunicações e terminou a sessão com uma valorização de 2,07% para os 25,67 euros.

O AEX, encerrou a subir de 1,14% para os 395,88 pontos, com a Royal Dutch Shell a valorizar 1,06% para os 52,40 euros, enquanto a Unilever terminou a sessão a apreciar 0,27% para os 56,25 euros.

O britânico Footsie [ukx] subiu 0,32% para os 5.361,40 pontos com a petrolífera BP a valorizar 1,39% para as 6,58 libras. A farmacêutica GlaxoSmithKline, empresa de fármacos, encerrou com uma queda de 0,90% para as 13,27 libras.

Em Espanha, o IBEX, seguiu as congéneres europeias e valorizou 0,30% para os 10.145,60 pontos, com a subida de 1,92% da Repsol, para os 23,87 euros. A concessionária de auto-estradas Abertis encerrou a sessão a desvalorizar 0,47% para os 21,10 euros.

Outras Notícias