Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Tesla passa os 100 mil milhões em bolsa. Já é a segunda fabricante mais valiosa do mundo

A Tesla já é a segunda empresa do setor automóvel com o maior valor de mercado, apenas atrás da Toyota. A Volkswagen desce ao terceiro lugar.

Ana Batalha Oliveira anabatalha@negocios.pt 22 de Janeiro de 2020 às 15:28
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A Tesla tornou-se esta quarta-feira, 22 de janeiro, a segunda fabricante automóvel com o maior valor de mercado a nível mundial, depois de ter ultrapassado os 100 mil milhões de capitalização bolsista.

O valor dos títulos da Tesla subiu 4,55% para os 572,11 dólares, colocando-se a cotar num máximo de sempre. Desde o início do ano, a empresa liderada por Elon Musk já valorizou 35,3% e atinge agora um valor de mercado de 103,1 mil milhões de dólares, ultrapassando os 99,8 mil milhões de dólares exibidos pela concorrente Volkswagen. Isto, apesar de a fabricante alemã ter vendido quase 30 vezes mais automóveis que a americana em 2019. Acima da Tesla, apenas a Toyota, cuja avaliação já vai nos 232,3 mil milhões de dólares.
O preço das ações da Tesla já mais que duplicou desde que a empresa revelou lucros para o terceiro trimestre, algo que não era esperado pelos investidores. Na altura, Musk anunciou ainda que a produção do seu próximo carro, o Model Y, estava adiantada no calendário previsto. No final do ano, houve ainda a inauguração da nova unidade em Xangai, mais um motivo de alegria para a Tesla.

Analistas vêm potencial... de queda

O preço-alvo médio para o qual os analistas apontam fica, contudo, abaixo dos cerca de 570 euros atuais: está nos 363,92 dólares, que se traduz num potencial de queda de 36,1%. As recomendações para vender superam, inclusivamente, as de manter e as de compra. Entre 36 recomendações, 16 são para vender, 10 para manter e 10 para comprar.

O Morgan Stanley foi uma das instituições que alterou a sua recomendação quanto à Tesla recentemente, aconselhando a venda destas ações pela primeira vez em mais de sete anos.

Ver comentários
Saber mais Tesla economia negócios e finanças bolsa mercados capitalização bolsista
Outras Notícias