Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Trabalhadores da InterBolsa em greve a 12 de Julho por tempo indeterminado; não afecta negociação

Os trabalhadores da InterBolsa, responsável pelas operações de compensação das operações bolsistas, anunciaram um «pré-aviso de greve a partir de 12 de Julho com duração indeterminada» que não afectará a negociação da Euronext Lisbon.

Bárbara Leite 09 de Julho de 2002 às 17:29
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Os trabalhadores da InterBolsa, responsável pelas operações de compensação das operações bolsistas, anunciaram um «pré-aviso de greve a partir de 12 de Julho com duração indeterminada» que não afectará a negociação da Euronext Lisbon, disse fonte oficial da Bolsa nacional ao Negocios.pt.

Em comunicado, o conselho de administração da InterBolsa anunciou que o Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública apresentaram um pré-aviso de greve a partir das «00.00 horas do dia 12 de Julho e com duração indeterminada até ao dia em que os trabalhadores da empresa (InterBolsa) decidam pôr-lhe termo».

Contactada, fonte oficial da Euronext Lisbon avança que esta greve «não afecta a negociação da Bolsa», tendo a entidade gestora da Bolsa meios para atenuar os efeitos desta greve.

A administração da InterBolsa explica em comunicado que os trabalhadores exigem como «contrapartida para uma eventual rescisão do seu contrato» em consequência da integração à plataforma de Bolsas europeia que implicará a redução de pessoal da InterBolsa, valores que ascendem a «400 mil euros».

Para a InterBolsa, esta proposta «é claramente inaceitável». No entanto, o CA revela que prosseguiu as negociações com aquele sindicato que faltou às reuniões marcadas, «inviabilizando o processo de negociações em curso», de acordo com o comunicado.

A administração da InterBolsa garante que «está a envidar os melhores esforços no sentido do que os efeitos da greve sejam o mais possível atenuados».

Outras Notícias